Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Confira os 50 livros que todo jovem estudante (inclusive do Direito) precisa realmente ler

goo.gl/8RnGrU | Existem alguns livros essenciais para jovens que ainda estão formando as suas opiniões e valores. A leitura é uma das atividades que mais tem o poder de mudar opiniões e valores. Confira essa grande lista e nos deixe sugestões!

Por isso, para jovens que ainda estão em processo de formação e conhecendo o mundo, existem alguns livros que podem ser importantes para o momento em que eles estão. Confira a lista de 50 obras que todo jovem deve ler e baixe algumas delas gratuitamente:

1 – O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald

O livro se passa em Nova York dos anos 20 e faz uma crítica ao “sonho americano”.

2 – A Metamorfose, Franz Kafka

Neste livro conhecemos Gregor Samsa, um jovem que, um dia, ao acordar, percebe que se transformou em um grande inseto asqueroso.

3 – Bartleby, O Escrivão, de Herman Melville

O livro é narrado por um advogado que contrata um jovem para ser seu escrivão, entretanto, o rapaz age de maneira estranha: a única coisa que ele diz é “Eu preferia não fazer”.

4 – Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

Em Dom Quixote conhecemos um fidalgo que após, ler muitas obras de cavalaria, enlouquece e passa a acreditar que é um cavaleiro.

5 – Candido, de Voltaire

Neste livro, Voltaire apresenta aos leitores a história do jovem Candido, um rapaz que está entrando na vida adulta e acaba passando por várias experiências neste processo.

6 – Crime e Castigo, de Fiodor Dostoievski

Crime e Castigo é um romance russo que narra a história de um jovem que comete um assassinato e vê sua vida mudar drasticamente depois deste acontecimento.

7 – 1984, de George Orwells

1984 é um livro escrito na década de 40 que conta a história de um mundo dominado por ditadores e em que as pessoas não possuem liberdade ou privacidade.

8 – Coração das Trevas, de Joseph Conrad

Neste livro conhecemos Charles Marlow, um homem inglês que conta para os amigos em um bar suas aventuras dentro de um barco nos rios africanos.

9 – A Rua das Ilusões Perdidas, de John Steinbeck

Em A Rua das Ilusões Perdidas, o autor nos apresenta uma pequena família norte-americana que vive nos piores meses da Grande Depressão dos Estados Unidos.

10 – Adeus às Armas, Ernest Hemingway

O livro mostra a história de um tenente norte-americano Frederic Henry, que serve no exército italiano durante a Primeira Guerra Mundial como condutor de ambulâncias.

11 – Um Conto de Duas Cidades, de Charles Dickens

O livro de Charles Dickens é um romance que fala sobre traição, vingança, além da brutalidade das guerras.

12 – Fahrenheit 451, de Ray Bradbury

No livro de Ray Bradbury, somos apresentados a um futuro em que todos os livros são proibidos e o pensamento crítico é oprimido pelas forças vigentes.

13 – Almas Mortas, de Nikolai Golgoi

Nikolai Golgoi foi um autor russo que em sua obra incompleta Almas Mortas conta a história de um burocrata afastado do serviço público por desonestidade.

14 – Laranja Mecânica, de Anthony Burgess

Inspiração para a adaptação cinematográfica de Stanley Kubrick, o livro Laranja Mecânica discute a relação entre entretenimento, violência e controle mental.

15 – O Mestre e a Margarida, de Mikhail Bulgákov

Escrito durante o regime comunista na Rússia, este livro conta a história da chegada do diabo à Moscou.

16 – Amada, de Toni Morrison

Amada é o livro mais conhecida da ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura de 1993, Toni Morrison. Nele, conhecemos Sethe, uma ex-escrava que vive na época do fim da guerra civil dos Estados Unidos.

17 – O Homem Invisível, de Ralph Ellison

Este livro de Ralph Ellison conta a agonia de um homem negro vivendo na época da segregação social nos Estados Unidos no meio de homens brancos.

18 – My Ántonia, de Willa Cather

No livro de Willa Cather, o jovem Jim Burden começa a morar no interior do estado norte-americano de Nebraska após a morte dos pais e se apaixona pela jovem Ántonia.

19 – O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë

Uma das maiores histórias de amor da literatura, em O Morro dos Ventos Uivantes conhecemos Heathcliff e Catherine, duas pessoas que se amam mas não conseguem ficar juntas.

20 – O Manifesto Comunista, Karl Marx

No Manifesto Comunista, os leitores podem conhecer os princípios estruturais do comunismo e entender a importância desse movimento para a história da humanidade.

21 – O Príncipe, de Maquiavel

Você conhece a frase “os fins justificam os meios”? Ela foi escrita no livro O Príncipe, de Maquiavel, que explica como um governante deve se portar para que seu povo o ama e o tema.

22 – O Estrangeiro, de Albert Camus

Neste livro, conhecemos a história de um homem chamado Meursault que se sente um estrangeiro em relação a tudo que ele vive.

23 – O Ser e o Nada, de Jean-Paul Sartre

Na obra do filósofo Jean-Paul Sarte, vemos o início do existencialismo, vertente da filosofia que vê a consciência humana como transcendente.

24 – A Divina Comédia, de Dante

Um dos livros mais famosos da história, A Divina Comédia é contada por meio de poemas e acompanhamos a trajetória de um cristão após a sua morte.

25 – Hamlet, de William Shakespeare

Hamlet é uma das obras mais conhecidas de William Shakespeare. Nela, vemos o jovem Hamlet planejando a vingança da morte do seu pai, o rei, causada por seu irmão, que roubou o trono.

26 – O Paraíso Perdido, de John Milton

John Milton conta por meio de poemas a história cristã sobre a queda do homem, ou seja, a tentação de Eva e a expulsão dos dois do Jardim do Éden.

27 – O Rio que Saía do Éden, de Richard Dawkins

Richard Dawkins é um dos maiores biólogos da atualidade. Em seu livro “O Rio que Saía do Éden”, ele explica com uma linguagem fácil as principais teorias e evidências do evolucionismo.

28 – A Odisséia, de Homero

Elaborada por volta do século VIII a.C., a obra contra a história de Odisseu, um dos heróis da Guerra de Tróia.

29 – Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões

Os Lusíadas é uma epopeia portuguesa que mostra a coragem e a glória do povo português durante as descobertas marítimas.

30 – As Viagens de Gulliver, de Jonathan Swift

A obra é uma das mais conhecidas da história e conta a história de Gulliver, homem que sofre um naufrágio de navio e acaba conhecer uma ilha em que todos os habitantes são extremamente pequenos.

31 – Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley

Neste livro, somos apresentados a um futuro em que a genética humana é totalmente controlada pelas pessoas, e isso tem fortes impactos na sociedade.

32 – Lolita, de Vladimir Nabokov

Lolita é um livro em primeira pessoa, narrado por Humbert Humbert, professor de francês que se apaixona pela sua enteada de doze anos.

33 – O Primo Basílio, de Eça de Queirós

O Primo Basílio é uma das principais obras realistas, em que somos apresentados a Luísa, uma moça que vive em uma típica família burguesa, mas que cultiva uma grande paixão escondida por seu primo Basílio.

34 – Orgulho e Preconceito, de Jane Austen

A história é um romance histórico ambientado na Inglaterra do século XIX e conta a história de amor entre Elizabeth Bennet e Mr. Darcy.

35 – O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde

Neste livro, conhecemos Dorian Gray, um jovem que acaba amando demais a sua aparência e deixando de lado o seu interior.

36 – Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez

Em uma das obras mais famosas do autor, somos apresentados à família Buendía – Igarán, fundadora da cidade de Macondo.

37 – Frankstein, de Mary Shelley

O livro conta a história de Victor Frankenstein, estudante de medicina que decidir dar vida a um monstro em seu laboratório.

38 – A Ilíada, de Homero

A Ilíada é um poema épico grego que narra o período de aproximadamente 50 dias entre o décimo e último ano da Guerra de Tróia e cuja gênese radica na ira, de Aquiles.

39 – O Último dos Moicanos, de James Fenimore Cooper

Ambientado na época de formação dos Estados Unidos da América no século XVIII, o livro segue a trajetória de diferentes personagens em diversas situações desafiadoras.

40 – O Mundo se Despedaça, de Chinua Achebe

O autor nigeriano Chinua Achebe conta em seu livro o choque de cultura e valores que ocorreram entre os colonos ingleses e as tribos do seu país durante a época da colonização.

41 – A Cor Púrpura, de Alice Walker

Neste livro, ganhador do Prêmio Pulitzer de 1983, conhecemos a história de uma garota chamada Celie, de 14 anos, que é abusada sexualmente do próprio pai e tem dois filhos com ele.

42 – Jane Eyre, de Charlotte Brontë

Em Jane Eyre, somos apresentados a Jane, uma professora que passa a ser tutora de uma menina que mora em um castelo no interior da Inglaterra. Na história, Jane se apaixona pelo pai da criança, Edward Rochester.

43 – O Contrato Social, de Jean-Jacques Rousseau

Jean-Jacques Rousseau foi um dos filósofos mais importantes do século XVIII e em seu livro ele explica o conceito de contrato social, ou seja, um contrato imaginário que todos concordamos para podermos viver em sociedade.

44 – Assim Falou Zaratustra, de Friedrich Nietzsche

Neste livro Nietzsche narra a história de Zaratustra, um filósofo da antiga Pérsia que participou da fundação do Zoroatrismo. O livro possui tanto informações reais quanto fictícias, por isso, fique atento durante a leitura.

45 – O Ramo de Ouro, de James George Frazer

O Ramo de Ouro é uma das principais obras para quem deseja conhecer mais sobre a antropologia envolvida com a religião, mitos e lendas da história das sociedades.

46 – Guerra e Paz, de Liev Tolstoi

Guerra e Paz narra um romance que acontece na Rússia durante a época de Napoleão Bonaparte, contando as guerras napoleônicas russas.

47 – Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe

Os Sofrimentos do Jovem Werther é responsável pelo surgimento de um dos maiores movimentos literários no mundo: o romantismo.

48 – Uma Breve História do Tempo, de Stephen Hawking

O livro foi escrito por um dos maiores físicos da atualidade, Stephen Hawking. Nele, o autor escreve sobre teorias físicas com uma linguagem simples, desde o surgimento do mundo até os dias atuais.

49 – A Arte da Guerra, de Sun Tzu

O livro escrito por Sun Tzu, apesar de fornecer ideias e estratégias para campos de batalhas, também contem dicas de planejamento para a vida pessoal e profissional.

50 – Ulisses, de James Joyce

Ulisses se inspira na obra Odisséia, de Homero, para contar a história de Leopold Bloom e Stephen Dedalus ao longo das 24 horas de um dia: 16 de junho de 1904.

Fonte: Notícias Universia

3 comentários :

  1. o manifesto comunista tinha que ser proibido, o comunismo é a pior praga do planeta

    ResponderExcluir
  2. Ia sugerir 100 anos de solidão mas quando o vi na posição 36 fiquei muito feliz. Vou tentar ler todos os outros, pois quem fez essa lista sabe do que está falando.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!