Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Confira 13 excelentes dicas para que você se sinta menos cansado durante a semana

goo.gl/Ggl1ha | Você é do tipo que começa a semana com preguiça e se sentindo cansado? Acha que falta tempo para realizar as tarefas básicas do dia a dia e, definitivamente, não tem disposição para grandes programações depois do expediente? Se essa falta de ânimo tem interferido na sua rotina, saiba que é possível melhorar a situação com algumas atitudes simples. Confira:

1 – Exercite-se mesmo se estiver cansado!

A ideia de não ir para a academia porque você está muito cansado pode até parecer sensata, mas não é. Um estudo da Universidade da Georgia avaliou a disposição de pessoas sedentárias e de adultos saudáveis que começaram a se exercitar aos poucos, três vezes por semana. Após seis semanas, essas pessoas, que faziam pelo menos 20 minutos de exercício a cada vez, disseram se sentir menos cansadas do que aquelas que não faziam exercício nenhum.

A verdade é que a prática regular de atividade física tem a capacidade de aumentar nossa força e resistência, além de melhorar o funcionamento do sistema cardiovascular e enviar mais oxigênio e nutrientes ao corpo. Então, se você pensa que o exercício físico só vai deixar você ainda mais cansado, saiba que isso não é nada verdadeiro.

2 – Beba água

Seja sincero: quantos litros de água você bebe por dia? Se a resposta for menos do que dois, está na hora de mudar seus hábitos. Se seu corpo está minimamente desidratado – 2%, para sermos mais exatos – você já vai sofrer com isso, e um dos efeitos da falta de água é justamente a sensação de cansaço.

A desidratação provoca a redução do volume sanguíneo, o que produz um sangue mais espesso. Esse processo faz com que seu coração faça bombeamentos menos eficientes, reduzindo a velocidade com a qual o oxigênio e os nutrientes chegam a seus músculos e órgãos. Um adulto saudável deve ingerir no mínimo dois litros de água por dia. Além de diminuir o cansaço, sua pele vai ficar muito mais jovem e bonita.

3 – Aumente o consumo de ferro

Se você estiver anêmico é bem provável que se sinta cansado, fraco, irritado e com dificuldade de se concentrar. Isso acontece devido à baixa oxigenação nos seus músculos e células. Para melhorar a quantidade dessa substância em seu corpo, lembre-se sempre de consumir feijão, tofu, ovos, vegetais verdes, castanhas e beterraba.

É bom também que você não se esqueça de consumir alimentos ricos em vitamina C, afinal ela auxilia a absorção de ferro. Sendo assim, se jogue nas frutas cítricas e garanta uma saúde melhor. Vale sempre lembrar que deficiência em ferro pode indicar outros problemas de saúde, então é sempre bom procurar ajuda médica.

4 – Não perca tempo sendo perfeccionista

Primeiro: mesmo com todo o esforço do mundo, vai ser impossível que você seja perfeito. Segundo: a tentativa de ser perfeito é exaustiva e vai fazer com que você fique desgastado. E quem fala não somos nós aqui do Mega Curioso não, mas a professora pós-doutora em Psiquiatria da Universidade de Nova York, Irene S. Levine.

Segundo ela, o problema é estabelecer metas impossíveis que, logicamente, não nos deixam satisfeitos. O conselho da professora é estipular tempo para a realização de determinada tarefa. Assim você vai perceber que o tempo extra que gastava tentando ser perfeito era, na verdade, um tempo jogado fora.

5 – Deixe o medo excessivo pra lá

Seu chefe chama você para uma reunião inesperada e sua cabeça é poluída com pensamentos negativos a respeito de uma demissão que você acabou de inventar. Você é o tipo de pessoa que não sai de casa de bicicleta porque tem medo de ser atropelado, que não conversa com desconhecidos por ter medo de ser ignorado, que não faz um caminho diferente na volta para casa porque tem medo de se perder.

Essa ansiedade e esse eterno estado de alerta são péssimos companheiros e é preciso que você os abandone no meio do caminho, sem olhar para trás. Que tal? Esse estado de alerta é capaz de fazer com que você se sinta realmente cansado. Quando você perceber que está tendo esse tipo de pensamento, respire fundo e pergunte a você mesmo qual é a probabilidade de que algum desses seus medos se torne realidade.

Caminhar, correr, meditar, praticar exercícios ou simplesmente dividir seus medos com um bom amigo pode fazer com que você seja mais realista. Não custa tentar.

6 – Não deixe de tomar o café da manhã

É a refeição mais importante do dia, que vai tirar seu corpo de um jejum grande e, de quebra, vai dar a energia que você precisa para começar suas tarefas diárias, acelerando seu metabolismo e adquirindo fôlego para começar.

Prefira grãos integrais, proteínas magras e gorduras saudáveis. Quer exemplos? Que tal aveia com leite ou, ainda, uma salada de frutas, acompanhada de um copo de leite desnatado? Pode ser também uma porção de ovos mexidos com uma torrada integral. Iogurtes desnatados também são bem-vindos.

7 – Chega de fast food

Se você consome hambúrgueres e sanduíches frequentemente, se costuma pedir pizza cinco vezes por semana e se bebe muito refrigerante, está na hora de mudar seus hábitos. O mais saudável mesmo seria nem consumir esse tipo de alimento, mas se a vontade for grande, você pode comer – contanto que isso seja uma exceção, e não uma rotina.

Esses alimentos vão fazer sua glicemia ir para as alturas, afinal carboidratos simples (do pão branco, por exemplo) viram açúcar assim que você os ingere, e níveis altos de açúcar vão deixar você cansado. Para melhorar a situação, prefira alimentos integrais e diminua o consumo de açúcar.

8 – Aprenda a dizer “não”

Aquela pessoa solícita, que faz tudo, que organiza festas, que faz almoços de domingo para a família inteira, que se oferece para ajudar o amigo com a mudança e que é o representante de turma é também uma pessoa cansada.

A verdade é que você não precisa fazer tudo para agradar todo mundo. Não mesmo. Esteja presente quando for necessário, ofereça-se para ajudar de vez em quando, mas não aceite todas as responsabilidades sempre. Quanto mais você demonstra ser um bom anfitrião, por exemplo, mais as pessoas vão querer marcar reuniões na sua casa.

Aprender a dizer não é um passo importante para quem quer melhorar sua inteligência emocional. Ceder demais não quer dizer que as pessoas vão gostar de você. Aprenda a dizer “não”.

9 – Arrume a bagunça

Pode ser na sua mesa do escritório ou na escrivaninha do seu quarto, não interessa. Quando o local onde você estuda ou trabalha é bagunçado, você tem dificuldades em se concentrar e pode acabar levando mais tempo para realizar suas tarefas. Cilada. Arrume tudo antes de começar a trabalhar.

10 – Você pensa no trabalho quando está em férias

E isso é muito errado. Mesmo. Se é domingo ou se você está viajando, simplesmente pare de checar o email da empresa o tempo todo. Idem para quem está se preparando para o vestibular, por exemplo. O tempo de descanso serve para descansar. Às vezes, é preciso reforçar aquele conceito óbvio, não é mesmo?

11 – Pare de beber vinho antes de dormir

A verdade é que o álcool é um depressor do sistema nervoso central e tem efeito sedativo – vide seus porres do final de semana: depois da euforia, é bem possível que você durma sem nem tirar o sapato. Se você acha que é por isso mesmo que beber uma tacinha de vinho antes de pegar no sono é uma boa ideia, saiba que, na verdade, não é bem assim.

À medida que é metabolizado, o álcool age de maneira diferente. Se no início você sente um pouco de sono, depois seu corpo vai receber uma descarga grande de adrenalina e, lógico, isso não é bom para quem quer dormir.

12 – Largue esse celular!

Pense na sua cama apenas como o lugar que você usa para dormir e não como uma extensão do trabalho ou da sala de aula. Levar computador, tablet ou celular para a cama é pedir para não descansar. Convenhamos.

Além disso, a luz desses aparelhos pode realmente afetar o funcionamento do seu corpo, desregulando a produção de melatonina, um hormônio que ajuda a regular seu sono. O ideal seria evitar usar celular, computador e tablet por pelo menos duas horas antes de dormir. Será que você consegue?

13 – Diminua o café

Você pensa que café ajuda a acordar e, por isso, toma 19 xícaras da milagrosa bebida todos os dias. Estudos recentes indicam que até três xícaras de café são permitidas. Mais do que isso já pode fazer com que você tenha problemas de sono.

A cafeína bloqueia a adenosina, uma das substâncias que levam seu corpo a dormir. Um estudo recente revelou que consumir café seis horas antes de dormir já é suficiente para ter dificuldade na hora de pegar no sono. Na dúvida, é melhor evitar mesmo.

Fonte: Megacurioso