Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Está difícil entender? Saiba como melhorar sua compreensão de textos difíceis

goo.gl/sNFkvc | Não é à toa que a habilidade de interpretar um texto é uma das mais cobradas em provas. Mesmo os leitores hábeis já passaram por momentos de dificuldade na hora de compreender um texto, afinal, as dúvidas fazem parte do processo de aprendizado.

Para aqueles que desejam se aprimorar, a Universia Brasil preparou uma lista de dicas simples que vão muito além do tradicional “leia mais para ler melhor” e prometem fazer a diferença em suas análises.

A primeira delas é um hábito que parece óbvio, mas dificilmente é seguido pelos leitores. Antes de começar a leitura, leia a introdução. Lá estarão contidos os principais tópicos abordados no texto de maneira sucinta e direta. Caso haja algum termo que não é familiar, pesquise-o para não iniciar a obra com dúvidas. Lembre-se que os sumários, que também costumam ser ignorados, têm a função de reforçar a introdução e desenvolvê-la de maneira mais aprofundada.

Seguindo o mesmo raciocínio, subtítulos também são importantes, pois demonstram a linha de pensamento do autor e dão pistas de temas secundários das obras, além de registrar a ordem em que aparecerão no desenvolvimento da obra.

Já em relação ao corpo do texto, o primeiro passo é prestar atenção. Leia cuidadosamente, fazendo grifos e anotações, comparando dados presentes em listas e tabelas com as informações dos parágrafos e sempre que houver uma palavra desconhecida, consulte o dicionário.

Quando terminar a leitura, revise suas anotações. Através delas você irá relembrar os tópicos e perceber a sequência lógica de argumentos do texto. O procedimento também é útil em caso de dúvidas, pois assim é possível descobrir se você realmente captou a essência da mensagem.

Se mesmo depois de seguir esses passos você continuar confuso, tente outra vez! Por mais que nem todos os conceitos tenham ficado claros, você já estará familiarizado com eles, o que os tornará mais claros em um segundo contato.

Fonte: noticias universia