Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Juiz castigado e transferido por insultar escrivã: 'mais burra que os burros'

goo.gl/S4BJ5c | "O magistrado é considerado uma pessoa de mau trato, que gera medo e apreensão junto daqueles que com ele trabalham", lê-se no acórdão do Supremo Tribunal.

Um juiz do Tribunal de Torres Novas foi castigado por ter insultado uma escrivã durante uma discussão. De acordo com o Correio da Manhã, em setembro de 2013 o juiz terá dito que a escrivã era incompetente, pelo que foi punido pelo Conselho Superior da Magistratura a ser transferido de tribunal, perdendo 60 dias de antiguidade.

O Supremo Tribunal de Justiça confirmou a decisão no final de março. "O magistrado é considerado uma pessoa de mau trato, que gera medo e apreensão junto daqueles que com ele trabalham", lê-se no acórdão citado pelo Correio da Manhã.

No incidente que levou ao castigo, o juiz terá reagido com exaltação aos erros de uma escrivã, que se esquecera de notificar testemunhas para um processo. "Exaltado e em tom de voz elevado, disse-lhe que era mais incompetente que os incompetentes que por aqui passaram e mais burra que os burros", continua o acórdão. A funcionária terá então desmaiado.

O juiz que foi castigado nega ter insultado a escrivã, e afirma que havia contradições no depoimento desta. O Supremo Tribunal considerou, no entanto, haver provas suficientes para condenar o juiz à transferência de tribunal com perda de 60 dias de antiguidade.

*Matéria do dia 04/05/2015, servindo aqui apenas como curiosidade

Fonte: dn pt

3 comentários :

  1. Mas o acordão é do Supremo Tribunal Federal ou Superior Tribunal de Justiça??

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!