Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Especialistas dão dicas de como você deve preparar um espaço especial para os estudos

goo.gl/Ku9OiT | A demanda de estudos para quem pretende uma vaga na carreira pública é muito grande, por isso, reservar um ambiente tranquilo para os estudos é fundamental para ter bom desempenho. Especialista dão dicas de como escolher e organizar o espaço para estudar em casa.

Marcus Bittencourt, advogado da União e especialista em concursos, acredita que, independentemente do material que o candidato vai usar em seus estudos, seja livro, apostila ou mesmo a internet, o mais importante é que ele tenha concentração. “É importante ficar longe de celulares e tablets”, diz.

Ao usar a internet como fonte de pesquisa, Bittencourt diz que é preciso muita atenção para que o foco não seja desviado para informações secundárias. Além disso, o especialista recomenda um ambiente tranquilo, com boa iluminação e bem arejado para um bom aproveitamento dos estudos. Uma cadeira confortável e ergonômica, assim como mesa limpa, apenas com o material necessário para estudar uma disciplina de cada vez também devem ser observados. “Estudar deitado, seja no sofá, na cama, não é recomendável, pois o candidato acabará relaxando demais e até dormindo”, orienta.

Com espaço organizado e material em mãos, o concurseiro vai precisar de concentração e isso somente ocorre em ambiente silencioso. “Para isso, muitos cursinhos oferecem espaço diferenciado. E o concurseiro pode, também, buscar sala de estudos na biblioteca de seu município”, diz Bittencourt.

Rodrigo Lelis, professor do Universo do Concurso, reforça que o silêncio favorece uma maior concentração do estudante. “Algumas pessoas dizem não se incomodar, mas o barulho da rua, conversas paralelas acabam desconcentrando”, afirma.

Outra atitude que o professor acredita ser valiosa é de ter em mãos o material necessário para os estudos. “Deixe tudo ao seu alcance, desde material didático a uma garrafa d’água”, lembra. Mesmo as pausas para lanche durante os estudos precisa ser programada, orienta, para que não o estudante não prejudique seu tempo.

Assunto comum entre os especialistas em concursos públicos é o celular. Para eles, é o maior vilão dos estudos. “O que mais tira a atenção dos alunos é Whatsapp, Facebook e até joguinhos online”, aponta Lelis.

Outra distração muito comum entre os estudantes é comer na mesa de estudos. “Por já estar ansioso, o concurseiro tende a querer comer o tempo todo, mas é importante ter autocontrole nessas horas”, diz. Isso pode gerar um excesso de peso, e no futuro, prejudicar o desempenho físico do candidato em uma prova de esforços.

Para Marcelo Marques, diretor do Concurso Virtual, um bom ambiente de estudo passa por quatro etapas. Ter um planejamento de estudos, ser organizado, ter motivação e controle: “Assim o estudo é mais efetivo”.

Veja como se planejar

Marcelo Marques aponta a seguir quatro etapas importantes para o candidato construir um bom espaço dedicado aos estudos:

Planejamento: definir objetivos e elaborar planos. “Ter foco é estar um passo a frente da maioria dos candidatos”, diz.

Organização: criar condições ideais para os estudos e montar sua “ZE” (Zona de Estudos). “Fixar dicas na parede e até no teto muitas vezes podem ajudar”, orienta.

Motivação: para ter sucesso é preciso motivação. “Ter ciência das tentações e de sua capacidade de superá-las”, acredita.

Controle: traçar medidas corretivas. Elas podem ajudar a identificar e corrigir erros ao longo dos estudos e se o candidato não está suficientemente motivado.

Reportagem: Paola Lucas
Fonte: odia ig 

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!