Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Confira uma ótima lista com cinco excelentes filmes para advogados se inspirarem

goo.gl/xCM4C5 | Todos sabemos que vez ou outra a atividade advocatícia pode ser um pouco maçante. Seja porque perdemos uma causa de grande importância para um cliente, ou porque há períodos em que trabalhamos sem parar, é importante tomar um tempo para refletir sobre o que nos motiva a continuar na profissão, bem como aquilo que nos fez escolher a advocacia. Pensando nisso, preparamos uma lista com alguns filmes para advogados se inspirarem! Confira:

1. Erin Brockovich: uma mulher de talento (2000)

Erin Brokivich é um clássico para qualquer pessoa que pensa em se aventurar pelo mundo da advocacia. Apesar de a protagonista do filme, interpretada por Julia Roberts, não ser exatamente uma advogada, sua atuação em um caso milionário de contaminação ambiental é, certamente, inspiradora.

Apesar de todas as dificuldades pessoais e profissionais, ela persevera em seu desejo de ajudar as famílias afetadas pela contaminação fluvial por uma empresa americana. Com certeza é um filme para assistir quando você se sente desmotivado(a) na carreira!

2. A rede social (2010)

Esse filme, baseado em fatos reais, trata da disputa legal que sucedeu o sucesso o Facebook como uma das principais redes sociais do mundo. Mark Zuckerberg (interpretado por Jesse Einsenberg, indicado ao Oscar por esse filme) trava uma batalha legal contra o co-criador da rede, o brasileiro Eduardo Saverin (Andrew Garfield, indicado ao Globo de Ouro). Apesar de todos os dramas pessoais envolvidos na história, o que há de mais inspirador nas discussões testemunhais da disputa é justamente o conceito de autoria e de colaboração no empreendimento. Esse é o cerne do filme, uma verdadeira lição de empreendedorismo e sucesso profissional.

3. Gravidade (2013)

Você deve estar perguntando o que esse filme sobre astronautas sobrevivendo a uma chuva de meteoros no espaço faz em nossa lista, correto? No entanto, saiba que essa incrível história é uma lição de sobrevivência, esforço pessoal e resiliência. A personagem de Sandra Bullock (indicada ao Oscar de melhor atriz pelo papel), a cientista Ryan Stone, assim como todos nós em algum momento de nossas carreiras, se sente sozinha, sem muitas perspectivas, mas ainda assim esperançosa de que o futuro poderá ser melhor. E é isso que a motiva a não desistir de terminar sua missão.

4. As palavras (2012)

Esse filme também não se passa no mundo jurídico, mas é uma história inspiradora sobre ética e reputação profissional. O drama é centrado na vida de Rory (Bradley Cooper), um escritor frustrado e malsucedido, que encontra um manuscrito de livro em uma pasta antiga.

Ele decide publicar a história como se fosse sua, mas ignora as consequências de seus atos. O que podemos apreender de mais importante no filme é a necessidade de sermos íntegros em todos os momentos de nossas carreiras profissionais, até mesmo nas situações mais difíceis.

5. Demolidor: o homem sem medo (2003)

Tudo bem que essa é uma história de ficção inspirada em um herói clássico dos quadrinhos, mas não é por isso que deixamos de nos inspirar pela conduta do Demolidor. Aliás, já falamos sobre isso anteriormente em outro post. Interpretado por Ben Affleck, o advogado cego Matt Murdock tem cede de justiça, tanto no exercício da profissão, quanto em suas atividades de herói vigilante.

A história é, na verdade, uma analogia sobre o conceito de justiça como algo cego às diferenças, baseado apenas em valores morais e no velho dualismo entre o bem e o mal. Enquanto o filme não fez muito sucesso de público e de crítica.

Quer saber quais outros personagens da ficção também poderiam ser advogados? Confira este post aqui!

Fonte: Blog Juris Correspondente

6 comentários :

  1. Tem filmes bons na área, Filadélfia, O Poder e a Lei, Tempo de Matar...

    ResponderExcluir
  2. Tem filmes bons na área, Filadélfia, O Poder e a Lei, Tempo de Matar...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!