Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Dúvida em início de carreira: como cobrar seus primeiros honorários como advogado?

goo.gl/NwUBaE | Uma dúvida que assola os advogados em início de carreira — e mesmo alguns mais experientes — é saber como cobrar os honorários advocatícios. Há algo na cultura brasileira que faz com que pensemos no dinheiro como sujo e errado, como se o pagamento não fosse importante, mas apenas uma coisa necessária que devemos ignorar o máximo possível. Assim, acabamos por vezes não mencionando — ou mencionando vagamente — valores e cobranças nas negociações.

Para um advogado, além desse quesito cultural, há outras questões a serem superadas. O trabalho de um advogado é tanto intelectual quanto técnico, social e braçal. Produzir uma tese, escrever uma peça, fazer uma sustentação oral, ter uma audiência com o julgador, lidar com o cliente e tirar cópias de processos exige habilidades e, principalmente, um custo.

Por isso, devemos superar essa ideia de que cobrar é algo ruim e entender isso como uma valorização do trabalho. Levando isso em conta, seguem 6 dicas de como cobrar seus honorários:

Use a Tabela da Ordem como base

A ética da advocacia exige que a Tabela da Ordem seja respeitada em seus valores mínimos. Isso valoriza a profissão e evita que sejam realizados serviços jurídicos por valores baixos demais. Por isso, é importante usar a tabela como parâmetro de cobrança de honorários.

Entretanto, muitos advogados cobram valores abaixo da tabela. Essa prática deve ser combatida, é claro. Mas, caso tome a decisão de cobrar abaixo do mínimo instituido pelo OAB a fim de fidelizar clientes, procure não se sujeitar a valores irrisórios que atentem contra a dignidade da profissão.

Avalie os custos do serviço

Existem diversos tipos de serviços jurídicos além das ações. Pareceres, diligências de correspondência, audiências, sustentações orais e consultoria preventiva são apenas alguns deles. Atuando como patrono de uma ação ou nesses outros serviços possíveis, é importante fazer uma avaliação do custo total que você terá. Considere o tempo, o esforço intelectual e físico, os insumos de deslocamento, material de pesquisa etc.

Leve em conta quanto vai custar executar o serviço antes de dizer ao cliente quanto cobrará para fazê-lo. É importante saber quanto custa seu trabalho.

Fique atento à demanda

Alguns casos são mais complicados e únicos. Outros, no entanto, são temas usuais. Essa avaliação entra no seu custo de oportunidade e influencia muito em decidir quanto cobrar de honorários.

Criar uma tese nova é bem mais trabalhoso que utilizar um modelo já pronto. Casos com jurisprudência pacífica exigem menos trabalho que aqueles que irão contra o entendimento consolidado. A chance de êxito final também é um elemento a ser levado em conta. A existência ou não de honorários sucumbenciais pode ser um fator, e tudo isso deve entrar em sua avaliação.

Não dê uma resposta imediata

A menos que seja um caso padrão, peça sempre ao cliente um tempo para analisar a demanda antes de dar um valor. A pressa em fechar com o cliente pode fazer com que se cobre muito caro, fazendo com que ele procure outro advogado, ou se cobre muito barato, e você acabe perdendo dinheiro.

Vale a pena ser responsável sempre, analisar o caso e dar ao cliente uma resposta sincera, inclusive indicando outro profissional (o que é uma excelente chance para fazer um bom networking). Peça para estudar o caso com mais profundidade e pondere sobre os pontos anteriores.

Negocie com o cliente

Não adianta cobrar um valor que o cliente não pode pagar. Por isso, é importante negociar, tendo em mente o mínimo que você pode aceitar. Essa negociação, inclusive, pode ser para pagamento a prazo, uma entrada, um valor ao final da ação em caso de êxito. Mas tenha consciência das possibilidades do cliente e do que é razoável para você.

Saiba cobrar honorários de correspondência

Um grande problema são os honorários de correspondência. Advogados e estagiários têm, com frequência, cobrado valores irrisórios para atividades jurídicas, e escritórios têm feito propostas que são degradantes para a carreira. Não aceite valores irrisórios, mesmo que realizar a diligência não tenha um custo alto. Valorize-se como profissional.

Fonte: Blog Juris Correspondente

1 comentários :

  1. Olá!

    Meu nome é Eliane Carreira, sou Advogada, tenho dedicado parte do meu tempo em montar um trabalho especificamente para ajudar os Advogados Iniciantes.

    Esta iniciativa deu-se por empatia, à enorme dificuldade que os jovens advogados tem enfrentado diante de incertezas, despreparo e até da insegurança para o desafio da profissão. O que, inclusive, também já percebo nos Estudantes de Direito que já estão pra se formar.

    Somando-se este preocupação, este trabalho que realizo, mais o entusiasmo que adquiri, criei o I CONADVIN – Primeiro Congresso Nacional dos Primeiros Passos do Advogado Iniciante que acontecerá do dia 25 a 31 de julho de 2016.

    As Inscrições serão por tempo limitado no site www.conadvin.com.br

    Estou tendo apoio de diversas pessoas e com isso, já temos inúmeros palestrantes confirmados com temas muito importantes para os Advogados Iniciantes. Veja no site do Congresso www.conadvin.com.br os palestrantes e seus temas.

    Meu desejo é de ser a ponte que faltava a esses profissionais que se sentem inseguros e despreparados para não desistirem da profissão, superem suas dificuldades e façam o seu melhor pelos seus clientes, lutando para que a justiça se faça na vida das pessoas.

    O Propósito do Congresso é: “Este Congresso ajudará muitos advogados iniciantes a superar todas as enormes dúvidas e dificuldades de início de carreira. E servirá como uma força, apoio e incentivo para mostrar que eles podem ser advogados apaixonados pelo que fazem, sem medos, sem incertezas e sem se sentirem inseguros, mas com coragem, ousadia, determinação e atitude.”

    O congresso será transmitido GRATUITAMENTE nos dias 25 à 31 de Julho pela internet a quantos possam interessar. Nossa meta é de chegarmos a 10.000 participantes e um resultado extraordinário será 75.000 expectadores online.

    Independente de qualquer número, meu propósito maior é transformar a vida de todos os expectadores através da experiência de profissionais reconhecidos.

    Grande abraço.
    Dra. Eliane Carreira (organizadora)
    www.conadvin.com.br

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!