Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Mulher ganha 'direito à morte' por acreditar que sua juventude 'beleza' chegou ao fim

goo.gl/n5MUNE | Numa decisão incomum, a corte britânica concedeu a uma mulher de 50 anos o direito de morrer. A mulher, que ainda é somente conhecida como “C”, pediu esse direito após considerar que a perda de sua beleza e juventude significa o fim de “tudo que brilha” em sua vida, segundo o jornal britânico The Guardian.

A mulher se negou a receber um tratamento de diálise para os rins e o hospital em que ela estava declarou que a mulher tem capacidade para fazer suas próprias decisões.

A decisão da Justiça da Grã-Bretanha descreveu a mulher de nome desconhecido como “impulsiva”, “egoísta”, alcoólatra e casada por quatro vezes.

O juiz britânico Justice MacDonald afirmou que o posicionamento “reflete o valor da sociedade baseado na autonomia pessoal”.

A filha da mulher disse que os membros da família ficarão devastados se ela morrer, mas que não pode negar o fato de que a mãe compreende a situação.

Fonte: ultimosegundo ig

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!