Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Ousadia! Suspeito de estupro vai armado de espingarda em punho falar com juiz em Fórum

goo.gl/WgGDDj | Um homem, de 27 anos, foi preso quando tentava entrar no fórum armado, pois queria falar com o juiz da comarca de Cerejeiras (RO), na região do Cone Sul do estado. Ele é suspeito de estuprar a enteada, de 14 anos, e estaria revoltado porque teve o mandado de prisão deferido pelo Judiciário.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a ocorrência começou na zona rural do município. Um motorista, de 41 anos, contou que o suspeito apareceu só de cueca na estrada, com uma espingarda em punho. Em seguida, o suspeito teria o obrigado a dirigir até a cidade, pois queria ir ao fórum "acertar contas com juiz", por ter mandado prendê-lo.

No trajeto, o infrator abordou um motociclista e roubou objetos que estavam na garupa do veículo; artigos para montaria em cavalo e uma mochila com itens pessoais. Ele teria mandado o motorista do carro recolher os objetos e colocá-los dentro do veículo.

O condutor da motocicleta aproveitou um descuido do suspeito e fugiu para o mato. Segundo o motorista do carro, o infrator também pediu para que furasse os pneus da motocicleta e, em seguida, seguiram a viagem. No caminho, colocou uma bermuda, que pertencia ao motorista.

Ao chegar em frente ao fórum, rendeu uma terceira pessoa, que estava dentro de um carro. Com a espingarda apontada, fez a terceira vítima lhe entregar a quantia de R$ 400. Depois, tentou entrar no fórum, mas foi impedido pelo guarda e por dois policiais que estavam de folga.


Policiais Militares à paisana impediram o homem de entrar no fórum de Cerejeiras e deram voz de prisão ao suspeito (Foto: Extra de Rondônia/Reprodução)

Com o suspeito foi encontrado a quantia de R$ 400, duas espingardas e um canivete. Ele foi preso em flagrante por roubo qualificado, pelo emprego de arma de fogo e restrição da liberdade de uma vítima.

Estupro de vulnerável

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Rodrigo Spiça, o suspeito era investigado por estupro de vulnerável. A polícia apurou que ele foi casado com uma mulher durante cinco anos. No fim de 2014, ele teria começado a estuprar a filha dela, na época com 12 anos.

Os abusos teriam acontecido até este ano, quando a vítima completou 14 anos. "A menina fez exame, e foi contatado que não era mais virgem. Ouvimos várias pessoas. Na segunda-feira, 25, interroguei ele, que negou todas as acusações. Na quinta,27, ouvi de novo a menina, para que ela me contasse mais detalhes do caso. No dia seguinte, pedi a prisão dele. Creio que ele saiu na segunda, já com a suspeita que poderia ser preso e pode ter ficado revoltado", explicou.

O mandado de prisão por estupro de vulnerável foi autorizado pelo juízo da comarca de Cerejeiras e deve ser cumprido neste sábado (30), no presidio do município, onde o suspeito está preso.

Por Eliete Marques
Fonte: G1

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!