Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Delegado e dois policiais civis são presos por suspeita de exigir propina em fianças

goo.gl/eO18rQ | Um delegado e dois policiais civis foram presos por suspeita de exigir propina em fiança nesta quinta-feira (16). A ação foi deflagrada pelo Ministério Público, em conjunto com a Corregedoria da Polícia Civil e a 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana nas cidades de Alvorada e Porto Alegre.

Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e nove  de busca e apreensão. São investigados ainda um ex-policial militar, uma advogada e mais um comparsa do grupo. De acordo com o Ministério Público, todos são suspeitos de exigir valores de presos em flagrante e de familiares de presos.

As investigações, que começaram em maio deste ano, dão conta de que o grupo cobrava valores acima da fiança e se apropriava do excedente. O ex-PM e a advogada ficavam do lado de fora da Delegacia de Polícia, fazendo o intermédio da cobrança junto aos familiares dos presos.

Ainda conforme o Ministério Púiblico, o lucro de cada plantão é estimado de R$ 2 mil a R$ 5 mil. São realizados em média dois plantões por semana. Os fatos ocorreram na Delegacia de Pronto Atendimento de Alvorada, pelo menos entre março e junho de 2016.

Os crimes imputados são concussão, que é a exigência de indevido valor em razão da função pública, organização criminosa, violação de sigilo profissional e usurpação da função pública. As penas poderão ser fixadas entre sete anos e seis meses a 23 anos de reclusão, além de multa e perda do cargo público.

Fonte: G1

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!