Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Ele trocou a prisão pela universidade e tirou 10 no trabalho de conclusão de curso


goo.gl/t1NAqx | Ele poderia ser mais um formando da Faculdade de Direito da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), mas trocou as vestes presidiárias por terno e gravata. Lincoln Gonçalves Santos é ex-detento e concluiu a graduação na última quarta-feira (22). Ele fez de seu trabalho de conclusão de curso uma oportunidade para demonstrar o quanto o acesso à educação e boas oportunidades pode ser transformador, independentemente do preconceito e das dificuldades.

O trabalho acadêmico sobre “O sistema prisional brasileiro e a possibilidade de responsabilização internacional do país, por violação de documentos internacionais de proteção dos direitos humanos” recebeu a nota máxima, e o estudante convidou para sua banca a juíza Denise Helena Schild de Oliveira, que permitiu a liberdade condicional para ele estudar enquanto ainda estava em regime de progressão de pena.

A juíza demonstrou estar orgulhosa do agora profissional de direito. Em entrevista ao site da faculdade, ela reforça a importância da oferta de novas oportunidades para quem cumpre penas por crimes.
Nem sempre se tem ideia do quanto é gratificante fazer justiça, abrindo caminhos e oportunizando a ressocialização de quem esteve à margem da sociedade.
Já o professor e orientador do ex-detento, Rodrigo Mioto dos Santos, acredita que a educação mudou a vida do aluno.
Precisamos acreditar que a educação transforma. Neste caso, a educação mudou uma vida. A universidade e todo e qualquer professor, ao meu ver, tem esta missão. Demos a nossa contribuição, agora o futuro está nas mãos do Lincoln.
Fonte: brasilpost

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!