Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Juiz condena prefeito em R$ 20 mil por usar camisa com bandeira da PB para propaganda

goo.gl/5aqvzb | O prefeito da cidade de Teixeira, no Sertão paraibano, Edmilson Alves dos Reis, conhecido popularmente como “Nego de Guri” (PMDB) foi condenado a pagar uma multa de R$ 20 mil por fazer propaganda eleitoral antecipada, ao distribuir camisas com a bandeira da Paraíba, que tem as cores do partido que ele faz parte e a expressão "Nego", em alusão ao apelido dele. A informação foi divulgada nesta a quarta-feira (13) no Diário da Justiça Eleitoral.

Segundo a justiça, o prefeito foi acusado de distribuir as camisas inspiradas na bandeira da Paraíba e o juiz da 30ª Zona Eleitoral, Gustavo Camacho Meira de Souza, entendeu que o gestor municipal estava usando o nome “Nego” da bandeira da Paraíba impresso nas blusas para promover propaganda eleitoral. Após uma denúncia, a Justiça já havia proibido o uso da camisa na cidade.

Na sentença divulgada Diário da Justiça Eleitoral, o juiz diz que o prefeito foi condenado por ter praticado propaganda eleitoral extemporânea subliminar.

No documento, foi destacada a averiguação de aglomeração expressiva de pessoas com a camisa, do eventual investimento na confecção das camisas e na utilização de carros de som para sua realização e da repercussão social desses mesmos eventos, e ainda da realização de inauguração de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade.

O juiz Gustavo Camacho ainda determinou que o prefeito se abstenha de promover atos políticos, em locais públicos, com aglomeração de pessoas utilizando camisas vermelhas, ou vermelha e preta com a expressão “Nego”, bem como a distribuição destas mesmas camisas. Os servidores municipais também estão proibidos de usar esses tipos de camisa nas repartições públicas da cidade. O prefeito também foi proibido de promover carreatas ou passeatas com utilização de som.

O G1 tentou entrar em contato com o prefeito da cidade e a Prefeitura Municipal de Teixeira, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: G1

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!