Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Cármen Lúcia é eleita presidente do STF e será a segunda mulher a comandar a corte

goo.gl/pv9nvJ | A ministra Cármen Lúcia foi eleita, nesta quarta feira (10/8), presidente do Supremo Tribunal Federal. Ela substitui o ministro Ricardo Lewandowski, que assumiu o comando da corte em agosto de 2014 e ficará até setembro deste ano. O ministro Dias Toffoli será o vice-presidente.

Cármen tomará posse no dia 12 de setembro e também presidirá o Conselho Nacional de Justiça. Será a segunda mulher na história a presidir o Supremo. A primeira foi a ministra Ellen Gracie, que comandou o tribunal de 2006 a 2008, quando se aposentou.

Cármen Lúcia chega com experiência em administração judicial. Já presidiu a 1ª Turma do STF e o Tribunal Superior Eleitoral, chefiando as eleições municipais de 2012.

As eleições do Supremo são regimentais. O presidente é sempre o mais antigo da corte que nunca ocupou o cargo, e o vice, o segundo mais antigo. O placar costuma ser sempre o mesmo: 10 a 1. O candidato nunca vota em si mesmo.

Biografia

Nomeada para o Supremo em 2006 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cármen Lúcia Antunes Rocha é natural de Montes Claros (MG). É bacharel em Direito pela PUC Minas (1977), mestre em Direito Constitucional pela UFMG e especialista em Direito da Empresa pela Fundação Dom Cabral.

Oriunda da advocacia, foi procuradora do estado de Minas e ministra e presidente do TSE. Desde 2014, ocupa a vice-presidência do Supremo, além de ser professora de Direito Constitucional da PUC Minas.

*Texto modificado às 15h04 do dia 10/8/2016 para acréscimo e correção de informações.

Fonte: Conjur

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!