Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Sargento é expulso da polícia militar após ser pego entregando arma a criminoso

goo.gl/NccOmf | Um sargento da Polícia Militar do Acre foi expulso da corporação após ser flagrado entregando uma arma a um criminoso.O crime foi descoberto há aproximadamente cinco meses durante uma investigação da Polícia Federal do Acre (PF-AC).

Porém, a decisão da expulsão do ex-sargento, tomada pelo Conselho Disciplinar da instituição, foi divulgada apenas no último dia 3 no Diário Oficial do Estado do Acre (DOE).O sargento chegou a ser preso, mas encontra-se em liberdade, conforme a Corregedoria da PM-AC.

A idade e o tempo de serviço do policial não foram divulgados pela PM-AC. O G1 entrou em contato com a Polícia Federal do Acre, mas até a publicação desta reportagem não houve resposta.

A corregedora da PM, coronel Socorro Freitas, afirma que a instituição soube do envolvimento do militar com o crime apenas após a prisão em flagrante.

Ela explica que após a abertura de processo disciplinar, o sargento foi ouvido, mas ainda assim, não teve sua justificativa aceita.

"Nós fomos surpreendidos pela notícia de que a Polícia Federal tinha feito o flagrante. Nosso código de ética diz que quando a ética e o pudor do policial militar são afetados, ele é submetido a conselho. O conselho é composto por três oficiais que avaliam a vida do policial dentro da instituição. O comando geral resolveu aceitar o pedido e ele foi expulso", detalha a coronel.

Ainda conforme a corregedora, o ex-sargento teria entrado com um recurso para ser incorporado à instituição novamente. A coronel explicou ainda que o ex-militar aguarda em liberdade a decisão da Justiça.

"O que sei é que ele passou uma arma para uma pessoa que não tem uma boa índole. Isso afeta o pudor do policial militar. Não podemos fornecer armas para ninguém que não esteja devidamente registrado e com a documentação dentro dos trâmites legais", conclui.

Por Aline Nascimento
Fonte: G1

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!