Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Segurança pessoal: taxistas fazem protesto e pedem autorização para ter porte de arma de fogo

goo.gl/d2O5CA | As pessoas que precisarem usar táxi para se locomover em Teresina na manhã de hoje (23) deverão ter dificuldades porque os taxistas da Capital estão reunidos em frente à Assembleia Legislativa (ALEPI) em protesto. Eles pedem mais segurança no trabalho e pretendem apresentar uma proposta que autorize o porte de arma a taxistas em Teresina. A informação é do presidente do Sindicato dos Motoristas de Táxi, Pedro Ferreira.

O protesto acontece um dia após o assassinato do taxista Pedro Manoel de Oliveira Neto , 37 anos, no Dirceu II. Ele foi atingido por dois tiros enquanto fazia uma corrida com dois passageiros que havia pego em frente a uma danceteria. Na ocasião houve perseguição a seu veículo e a polícia acredita que os tiros eram destinados a um dos passageiros, identificado como Renan Lira Bonfim.



Os taxistas vão sair da ALEPI e seguir para o Dirceu II pela Avenida Marechal Castelo Branco, que já se encontra bloqueada em uma das pistas, no sentido Norte-Sul. Eles vão se dirigir até a residência de Pedro Manoel Neto, onde ocorre seu velório, e de lá partirão em cortejo para o cemitério do Renascença onde o taxista será sepultado.

Está já é a segunda vez este ano que os taxistas fazem protesto contra a violência da qual têm sido vítimas em Teresina. Em fevereiro, após o assassinato do taxista e funcionário de O Dia, José Wilson Teixeira, a categoria também parou o trânsito da Capital para chamar a atenção da população e das autoridades para a falta de segurança. Empresas de táxi que operam na região metropolitana já possuem uma lista com 16 bairros para os quais os trabalhadores evitam fazer corrida depois das 22 horas.

Por: Maria Clara Estrêla
Fonte: portalodia

1 comentários :

  1. É justa a reivindicação. Já está mais que provado a total ineficiência do Estado em prover a segurança da população. O direito à legítima defesa é direito humano fundamental em qualquer país sério. O Brasil precisa tornar-se sério também !

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!