Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Advogada usa palavrões em ação contra Vivo e depois desiste do processo

goo.gl/DtYfHe | "Ação de foda-se a Vivo, não pago porra nenhuma e ainda quero uma indenização pela palhaçada". Esse foi o título da ação proposta pela advogada Vanessa Maria Vilches Lombardi contra a operadora de telefonia Vivo.

Dias depois de ajuizar, no entanto, a causídica requereu a desistência do processo, o que foi deferido pelo juiz de Direito Rodrigo Domingos Peluso Junior, do JEC de Curitiba. Assim, determinou o arquivamento do feito, sem resolução de mérito.



O magistrado deferiu, não sem antes observar que a imunidade do advogado não é absoluta, devendo responder pelos excessos. Por conta disso, remeteu cópia dos autos ao presidente da OAB para as providências cabíveis.
Isso porque, a reclamante advoga em causa própria, faltando com o princípio processual da urbanidade e respeito com a parte adversa e para com o Judiciário, utilizando-se de vernáculo inapropriado para um processo judicial.
Processo: 0043819-46.2016.8.16.0182
Veja a sentença.

Fonte: Migalhas

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!