Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Acusada de venda de sentença, desembargadora é absolvida por juiz criminal

goo.gl/qYm1BO | A desembargadora aposentada Rosimar Leite foi absolvida da acusação de peculato, em setença proferida pelo juiz Raimundo Holland Moura da Queiroz, da 6ª Vara Criminal de Teresina. Rosimar foi denunciada pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público por suposto envolvimento com corrupção no exercício de sua atividade na magistratura.

Raimundo Holland julgou improcedente a ação que pedia a condenação da desembargadora.  Rosimar Leite foi acusada de praticar lavagem de dinheiro, corrupção passiva e formação de quadrilha. Além dela, o juiz absolveu também João Assunção, Carlos Machado de Resende e Hércules Ferreira dos Santos, réus pelos mesmos crimes.

De acordo com a denúncia, Carlinhos e Hercules, seriam os responsáveis por intermediar a suposta venda de sentença a pedido de João Assunção.

A sentença de Raimundo Holland foi proferida dia 17 deste mês, mas somente agora disponibilizada publicamente.

Na sua defesa a desembargadora afirmou em março deste ano que um cheque de terceiros que entrou em sua conta teria sido proveniente da venda de 'uns boizinhos'. Segundo depoimentos prestados ao juiz no início do ano, o cheque de Carlos Machado, no valor de R$ 20 mil que apareceu nominal em sua conta, é procedente da compra de gado, que seu marido “Ribamar” negociou com o empresário.

Porém, para o juiz Raimundo Holland a desembargadora não negou o recebimento do dinheiro, e o restante das denúncias, que seria de venda de sentenças, não há nada concreto e não se pode proferir uma sentença apenas com a estranheza dos fatos.

O Ministério Público do Estado pode ainda recorrer da decisão para o Tribunal de Justiça.

Fonte: portalaz

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!