Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Após anos de processo contra o SBT, ex-parceiro de ET, Rodolfo receberá indenização

goo.gl/cS616v | Quem não se lembra da dupla Rodolfo e ET, formada por Rodolfo Carlos de Almeida (foto esquerda), e Cláudio Chirinian (foto direita), o ET?

Os dois ficaram #Famosos quando o #SBT os contratou em 1998, para trabalhar no Domingo Legal. O sucesso da dupla dobrou após a contratação na emissora. A dupla já havia realizado alguns trabalhos, na Rede Record, em 1997, quando compôs a música ET & Rodolfo para o programa Ratinho Livre, que era exibido na emissora.

Rodolfo, que é jornalista, estava passando por uma crise de depressão nos últimos anos, após ficar sem trabalho.

Segundo ele, em entrevista a Daniel Castro, quando saiu do SBT, poucos trabalhos surgiram para ele, chegando a passar por momentos complicados financeiramente.

Gugu chegou a levar o jornalista para a Record, mas o quadro não fez sucesso.

Atualmente, ele está trabalhando em lavoura, e ganha apenas um salário mínimo. Segundo ele, recebe duas cestas básicas por semana, e pega na enxada com muito orgulho.

Processo

Rodolfo abriu em 2009 um processo trabalhista contra a emissora. Em 2012, ele ganhou a primeira batalha judicial, que envolve indenizações referente a 13º salário, férias, FGTS, e outras correções de aviso prévio, que teve redução ao receber de 34 mil reais, para 5 mil.

O SBT apelou, mas o ministro do Tribunal rejeitou o pedido. A indenização concedida é devido a ele trabalhar no período de um ano, como pessoa jurídica, sem carteira assinada.

Rodolfo, que hoje está com 45 anos, está com a saúde debilitada, e chegou a receber ajuda do Gugu para pagar alguns exames que precisou fazer, cerca de 30.

Ao site da Uol, Notícias da TV, Rodolfo disse que não vê a hora de receber esse dinheiro, pois pretende cuidar de sua saúde e de seu pai, que está com câncer. Atualmente suas condições financeiras não estão muito boas. Ele disse estar em uma fase desesperadora.

Não se sabe o valor exato da quantia que Rodolfo irá receber, mas ele diz estar ansioso e que já tem planos, "Vou investir em terra e enxada", diz o jornalista, que prefere que o chamem de artista.

Fonte: correio24horas

1 comentários :

  1. Pois é, quantos de nós sofremos injustiças no trabalho? Quantos de nós estamos em situação desesperadora? Quantos de nós estamos mal de depressão tentando conseguir na justiça um auxílio doença que mal dá para viver? Que senão precisássemos seria bem melhor. Não temos nenhum Gugo para nos ajudar, então Rodolfo,se considere privilegiado perto de muitos!

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!