Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Cunhada de diretor da OAB é principal suspeita de morte de família, diz delegado

goo.gl/eA67lR | O delegado Fábio Barucke, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo afirmou, no início da noite desta segunda-feira, que Simone Gonçalves Resende, irmã de Soraya Gonçalves de Resende, de 37 anos, esposa do diretor da OAB Wagner Salgado é a principal suspeita de ser a mandante da morte da família na última sexta-feira, em São Gonçalo. Ele, a esposa e a filha do casal, Geovanna Salgado, de 10 anos, foram assassinados a tiros em casa. O delegado ainda não descarta a participação de outros familiares no crime.

A polícia investiga se a morte da família tem ligação com uma briga judicial envolvendo o inventário do pai de Soraya. O processo, que tramita na 6ª Vara Cível de São Gonçalo, se arrasta há 20 anos. Wagner atuava como advogado no caso.

- A gente acredita que houve um desgaste pelos desentendimentos ao longo dos anos, por causa da herança - disse o delegado Fábio Barucke.

O celular de Simone foi apreendido e a polícia verificou que diversas conversas da suspeita foram apagadas no WhatsApp no dia do crime. O aparelho será encaminhado para a perícia para checar o conteúdo deletado Também fo apreendido o telefone de um amgio de um dos filhos de Simone.
O EXTRA não conseguiu contato com Simone. Em depoimento na DH, ela negou os desentendimentos com a irmã e disse amar a família.

Ainda de acordo com a polícia, imagens de câmeras de segurança mostram que três jovens - aparentemente adolescentes, segundo o delegado - chegaram na casa da família, na Rua Aurelio Pinheiro, Barro Vermelho, por volta das quatro horas da manhã, saindo uma hora depois. Um dos suspeitos urinou em um poste e a polícia já recolheu uma amostra da urina para investigação.
Os suspeitos chegaram num carro. Ainda segundo a polícia, os suspeitos estiveram no prédio no dia do crime, às 20h, mas nesse horário Wagner ainda não estava em casa.

A polícia já descartou a participação de um homem que foi localizado no sábado, no Hospital Salgado Filho, no Méier, Zona Norte do Rio. Ele está com um tiro na boca. Na sexta-feira, foram encontrados dois dentes inteiros e outros dois pedaços de dentes no local da chacina. De acordo com Barucke, os peritos constataram que a falta de dentes do suspeito não é recente.

Polícia investiga ligação com briga por herança

A DH investiga se a morte tem ligação com uma briga judicial envolvendo o inventário do pai de Soraya. O processo, que tramita na 6ª Vara Cível de São Goçnçalo, se arrasta há 20 anos. Wagner atuava como advogado no caso. Em meio à disputa, em 2014, Soraya, que é adotada, chegou a pedir na Justiça que houvesse prestação de contas no inventário do pai. A solicitação ainda foi julgada
No dia 18 de junho do ano passado, Soraya fez um registro de ocorrência na 73ª DP (Neves) contra sua irmã Simone Gonçalves Resende por causa de uma postagem no Facebook. À polícia, Soraya, que é adotada, afirmou que postou uma foto com seu pai na rede social e horas depois, Simone fez comentários ofensivos.

“Vagabunda. Agora que está morto coloca foto com mensagem que um dia vai se encontrar!! Toma vergonha na cara e conta da sua mãe que você trata como uma cachorra: Você nunca trabalhou e nem sabe o que é isso. Tinha que dar muito valor a quem te criou porque quem te pariu nem na sua cara quis olhar. Cuida enquanto está viva porque depois que morrer você não vai postar fotinha arrependida. Já passou da hora de você tomar vergonha na cara e sair das costas dela. Fica a dica”, dizia a postagem.

O Dique-Denúncia pede que qualquer informação a respeito dos envolvidos sejam enviadas pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox) https://www.facebook.com/procurados.org/, ou pelo (21) 2253-1177. Em todos os canais, o anonimato é garantido.

Por Carolina Heringer
Fonte: extra globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!