Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Governo, associações e sindicato tem acordo e greve termina no Espírito Santo

goo.gl/IYFdAe | Representantes dos policiais militares e do Governo do Estado chegaram a um acordo, na noite desta sexta-feira (10). Com isso, teve fim a paralisação da Polícia Militar, que completou sete dias. Durante a paralisação, foram registradas 126 homicídios, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindipol).

O Espírito Santo ficou sem policiamento porque protestos de familiares impediram a saída de policiais militares dos Batalhões e Quartéis do Estado. A onda de violência  causada pela falta de polícia nas ruas durou sete dias e registrou 126 homicídios, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol).

Roubos e prejuízos

A Federação do Comércio atualizou os números do prejuízo com a crise. E, até esta sexta-feira, o prejuízo com o comércio fechado desde segunda-feira (6), chega a R$ 300 milhões.

Mais de 300 lojas foram saqueadas no estado, sendo 200 só na Grande Vitória. O presidente da Federação, José Lino Sepulcri acredita que 20% das lojas abriram nesta sexta-feira na Grande Vitória (veja o que abre e fecha no ES nesta sexta).

Desde a saída dos PMs das ruas, a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Vitória contabiliza mais de 170 veículos roubados. Só na segunda-feira (6), foram abertas mais de 200 ocorrências naquela delegacia.

Nesta sexta-feira, policiais civis do Espírito Santo participam de uma megaoperação para recuperar carros que foram roubados e estão abandonados na região metropolitana.


Ata de reunião de negociação entre governo e associações (Foto: Reprodução / Internet)

Fonte: g1 globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!