Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Criança que matou pai para proteger a mãe poderá ser absolvido por legítima defesa

goo.gl/UJV5nQ | Na tarde desta segunda-feira (10) por voltas das 16h, um menino de 12 anos matou o pai, no distrito de Posselândia, em Guapó, para defender a mãe de agressões físicas. De acordo com o delegado da Polícia Civil, responsável pelo caso, Artur Fleury, o homem já tinha passagem pela polícia por agressões a esposa e também aos filhos.

Leandro Morais da Silva, de 41 anos, também já tinha sido preso por porte ilegal de arma de fogo. Segundo conta o delegado, Leandro chegou em casa bêbado e muito agressivo, a partir daí deu início as agressões contra a esposa, que estava casada com ele a mais de 20 anos. “Ele deferiu chutes, empurrões e socos. Ela está cheia de lesões pelo corpo”, conta.

O homem ainda apontou uma espingarda para a mulher ameaçando matá-la. Foi nessa hora que os dois filhos do casal tentaram ajudar a mãe. O filho, de 18 anos, após ver uma arma apontada para a mãe segurou o pai e a espingarda na tentativa de tentar impedi-lo. Nesse momento o menino, de 12 anos, pegou uma faca da cozinha e atingiu as costas do pai.

Fleury, acredita que o homicídio será tratado como legitima defesa. Caso seja provado que o ato da criança foi motivada apenas para proteger a vida da mãe, o inquérito será arquivado. “Foi um ato de desespero e acredito ter sido em legitima defesa mesmo, ele já estava cansado de ver a mãe sofrer, tanto que foi apenas um golpe e sem exageros”, conta delegado.

Leandro chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital de Urgências de Goiânia Otávio Lage (Hugol), mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: diariodegoias

1 comentários :

  1. Ja foi tarde o covarde...Só sinto pela criança que carregará p sempre esse trauma!!! Espero que consiga tratamento multidisciplinar e prosseguir c sua vida.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!