Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

O que você deve fazer quando for abordado pela Polícia Militar? Por Roberto Parentoni

goo.gl/90l90P | Veja o que você deve fazer quando for abordado pela Polícia Militar?

  • Fique calmo, não tente fugir e colabore com o Policial Militar;
  • Atenda às ordens do Policial Militar;
  • Deixe suas mãos visíveis e não faça nenhum movimento brusco;
  • Não discuta com o Policial Militar nem toque nele;
  • Não faça ameaças do tipo: “Você sabe com quem está falando?”;
  • Não use de palavras defensivas do tipo: “Sou trabalhador, não sou bandido”.

Quais são os direitos do cidadão abordado?

  • Saber a identificação do Policial Militar, se assim desejar;
  • Ser revistado por Policiais Militares do mesmo sexo, desde que não ocasione prejuízo ao andamento da ocorrência (art. 249 do CPP)
  • Acompanhar visualmente a revista realizada no seu veículo;
  • Ao término da abordagem, saber o motivo pelo qual foi abordado;
  • De ser preso, apenas por ordem judicial ou flagrante delito;
  • Ao ser preso, quando for entregue na Delegacia de Polícia realizar contato com advogado e/ou alguém da família.
  • Atenção: O Policial Militar ao realizar uma abordagem sempre estará com a sua arma em punho (pronto para usá-la). É o procedimento correto para garantir a própria segurança e a de terceiros.

É crime andar sem documentos?

Não. Se você estiver sem documentos, forneça ao Policial Militar os dados que auxiliem na sua identificação.

O que fazer se o Policial Militar desrespeitar seus direitos ou, de alguma forma, você se sentir prejudicado em função da atuação da PM?

Anote o nome do Policial Militar, o número da viatura da PM, o dia, horário e local em que ocorreu o fato e se dirija até a Corregedoria de Polícia Militar para que seja formalizada a denúncia. Se houver testemunhas do fato, leve consigo dados para que estas pessoas possam ser ouvidas no decorrer do procedimento interno de apuração, instaurado para averiguar a situação denunciada.

O que é uma Abordagem Policial Militar?

É o ato de uma Guarnição Policial Militar aproximar-se e interpelar pessoa que apresente conduta suspeita, a fim de identificá-la e/ou proceder à busca, de cuja ação poderá resultar a prisão, a apreensão de pessoa ou coisa ou uma simples advertência ou orientação. A abordagem policial militar é uma das principais atividades realizadas pelos Policiais Militares em seu trabalho diário, visando à prevenção de crimes e contravenções.

Amparo legal (art. 244 do CPP): A busca pessoal independerá de mandado, no caso de prisão ou quando houver fundada suspeita de que a pessoa esteja na posse de arma proibida ou de objetos ou papéis que constituam corpo de delitou, ou quando a medida for determinada no curso de busca domiciliar.

Dicas: Aconselha-se não exigir da Polícia Militar (do policial) a identificação no “calor da emoção” ou durante a ação Policial. Espere alguns instantes até que seja concluída a abordagem por parte da PM.- As interjeições para dirigir-se a um representante do BPM em ação podem ser “policial” ou “soldado”.

Obs: Existe uma cartilha de Direitos Humanos (clique aqui para download) ensinando como denunciar abusos praticados por policiais.

Por Roberto Parentoni
Fonte: Canal Ciências Criminais

25 comentários :

  1. Se for seguido o primeiro, nunca precisará do segundo...

    ResponderExcluir
  2. Não Brasil se vc perguntar pq foi abordado leva um pescosão kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveria ser assim mesmo. Num país onde todos reclamam de falta de segurança só os pebas fazem uma pergunta dessa.Cidadão não reclama, acha é bom, pois a abordagem e a revista são recursos usados para sua própria segurança.

      Excluir
    2. Nunca vi ninguem reclamar da abordagem de um ladrao ne... Va tomar no cu seu vagabundo... Nunca vi um cidadao de bem nao deve nada reclamar de abordagem se ele nao deve nada... So reclama quem ta devendo...

      Excluir
  3. Na prática não é bem assim.

    ResponderExcluir
  4. Realmente ótimo para aqueles que não sabe nada e acha que está correto em tudo

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho direito de me endentifica como cidadão de ben sim...pq não posso ser abordado e nem tratado como um elemento de classe má....

    Se o policial pode se endentifica e por que eu não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo ele haje em nome da coletividade... E vc ate pode identicar mais no momento certo... Se vc c acha tao esperto me mostre o dispositivo legal que da imunidade ha ser abordado... Todos podem... Ate onde sei..

      Excluir
  6. Eles são e competentes e mal treinando bater antes e pergunta quem é depois

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "e competente" quer dizer competente eletrônico?

      Excluir
  7. Tem que desser a borracha mesmo.
    O Brasileiro se acha demais.
    Uma cambada de gente cheia de querer, s/cultura que à cada dia da mais asas p/bandido.
    Reclama de uma abordagem polícial, mas paga pau para bandido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nobre Senhor...policial analfaberto???? Leia os editais de concurso para admissão de policiais.Em todos exige-se curso superior...
      E número de correntes ultrapassa as concorrentes para medicina por exemplo.
      Você está mal informado ou é ignorante mesmo.

      Excluir
  8. Foda é o cidadão de bem, com ensino superior completo ficar tomando dura de um bando de analfabeto com arma na mão e ainda ter que reconhecer a autoridade de uns lixos desses...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo amor de Deus... Vc chamando de analfabetos.. Quem não deve não teme... Diploma não e sinomimo de se idóneo....

      Excluir
  9. Os termos ''policial'' e ''soldado'', nesse contexto, não são interjeições. São vocativos.

    ResponderExcluir
  10. Eu utilizo de uma psicologia extremamente infalível onde pontos relacionados acima uso á meu favor

    ResponderExcluir
  11. Amodireito por que voces não fazem um texto,sobre como proceder se um bandido te abordar?

    ResponderExcluir
  12. Quando um PM pede nosso celular para vasculhar, isso pode ser caracterizado como invasão de privacidade ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na teoria, não. Porque o militar PEDE o seu celular, e você o fornece.
      Agora, no caso de ele pegar sem que você concorde, ou haja de forma forçada, sim, é invasão de privacidade.
      Claro que uma recusa pode acarretar em um pouco mais de dor de cabeça. Você acaba sendo forçado, de uma forma ou de outra, à entregar o aparelho, para não ter que passar o dia em uma delegacia explicando o porquê de não deixar.
      É foda. Mas é isso.

      Excluir
  13. A matéria é sobre o óbvio: sempre trate agentes públicos com respeito. Mas esclareceu questão sobre como agir em caso de abuso da autoridade policial, por isso foi útil. Já o nível dos comentários que li até aqui é deprimente. Realmente, a polícia truculenta tem sua origem nas atitudes desse mesmo grupo de cidadãos.

    ResponderExcluir
  14. Ja que ninguem gosta de Policia ligem pro batmam quando forem assaltados... Ele pode ajudar vc por que pelo que parece bandido virou o policial... Corruptos tem sim mais em sua maioria são pessoas de bem que protegem a sua vida de m.... Sem mesmo vc merecer por uma salario bosta... Que vocë paga e ainda podendo tomar tiro do vagabundo que você protege... Tem que fuder mesmo um paz que bandido é celebridade !

    ResponderExcluir
  15. Eu sou menor de 18 anos e quando fui abordado na rua o policial tirou foto minha e do meu rg, quando perguntei o porque ele não respondeu, como agir nessa situação ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por q vc é de menor é não tem como ser checado pelo Centro de operações aí ele tira a foto do Egito e de vc para averiguar no sistema competente.

      Excluir

Agradecemos pelo seu comentário!