Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Advogado de Emilly confirma que depoimento vazado é real e quer punição

goo.gl/XGWoDA | O advogado da campeã do BBB17, Emilly Araújo, confirmou que o depoimento vazado na internet é real e afirmou considerar o episódio um absurdo. Renato Darlan disse ainda que pretende tomar providências em relação ao que aconteceu. O documento com depoimento de Emilly na Delegacia da Mulher foi parar na web. A delegada Marcia Noeli, chefe da Divisão de Polícia de Atendimentos à Mulher, afirmou que somente a vítima, os advogados dela e os advogados de Marcos Harter tiveram acessos a cópias do documento.

"Nós entendemos que para alguém é interessante esse vazamento. Para Emily não faz sentido, já que o que ela mais quer é esquecer e seguir sua vida. Nós pretendemos, sim, buscar o responsável por esse vazamento já que o procedimento é sigiloso", disse o advogado ao Uol. "O vazamento inclusive é maldoso e mentiroso porque em nenhum momento a Emilly diz que pediu que ele fosse excluído", acrescente, em referência ao post no Twitter que vazou o depoimento e afirmou que Emilly pediu a expulsão de Marcos do BBB.

Segundo o advogado, a investigação partiu da própria polícia depois da repercussão das imagens entre Marcos e Emilly no BBB. "Ao ver isso, a lei determina que a autoridade tome providência independente da queixa da vítima. A ação é incondicionada, ou seja, independe da vítima", explica.

Depoimento

Segundo o documento, Emilly contou em depoimento sobre seu relacionamento com Marcos, dentro da casa. Ela descreveu que os dois tinham um namoro bom, com Marcos sendo atencioso e carinhoso a princípio. Depois, com o tempo, ele mudou de comportamento e não a deixava mais mostrar um ponto de vista diferente.

Emilly diz ainda no depoimento que confidenciou a Ieda que Marcos lhe causou lesões intencionais no dia seguinte à festa Retrô, uma semana antes da agressão que culminou com a expulsão de Marcos. Ela foi atendida pelo médico do programa, que constatou a lesão, mas não contou a ele como tinha ficado ferida.

"Emilly não lhe disse a causa, pois não queria prejudicar o Marcos. Que a partir daí tais apertões, beliscões e torções de punho, como demais constrangimentos, foram aumentando de intensidade, porém a declarante sempre perdoava Marcos, chegando a ter quatro términos do relacionamento com reconciliação, visto que este demonstrava arrependido de suas atitudes. E ela, muito apaixonada, o perdoava não se dando conta de que aquele relacionamento estava lhe fazendo mal”, diz um dos trechos do depoimento.

Fonte: correio24horas.

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!