Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Inocentados de fraude, defesa de Neymar comemora vitória na justiça espanhola

goo.gl/YY4EiV | A Justiça espanhola inocentou o atacante Neymar, seus pais e a empresa N&N Consultoria Esportiva e Empresarial da acusação de fraude e simulação de contratos movida pelo Ministério Público Espanhol a partir de uma denúncia do fundo de investimentos brasileiro DIS. A decisão do juiz José de la Mata foi festejada pela defesa.

— A decisão foi uma vitória para o Neymar e a família dele, porque o juiz afastou a acusação de fraude. Manteve apenas a acusação de corrupção entre particulares. A condenação máxima para esse crime seria de dois anos, mas é o mesmo que aconteceu com o Mascherano e o Messi. Não se cumpre essa pena porque são réus primários — afirmou Altamiro Bezerra, ao globoesporte.com.

Na Espanha, condenados a penas de prisão por dois anos ou menos por crimes sem violência têm as sentenças suspensas.

A segunda parte da acusação, de corrupção entre particulares, está mantida para Neymar. O jogador e seus pais vão ter de comparecer a uma audiência na Espanha ainda este ano. A Justiça deu o prazo de cinco dias para que os três e a empresa N&N paguem juntos uma multa de € 209.598 (cerca de R$ 723 mil), o que corresponde à indenização máxima para o caso de as quatro partes serem condenadas por corrupção entre particulares.

Reclamação da Dis

O caso envolve supostas irregularidades nos contratos para a transferência do astro brasileiro. O atleta de 25 anos foi investigado tanto na Espanha como no Brasil. A operação foi denunciada pelo fundo de investimentos brasileiro DIS, que era dono de parte dos direitos de Neymar. O fundo se considerou prejudicado na transferência do craque.

Em um primeiro momento, o Barcelona anunciou a contratação de Neymar por € 57,1 milhões (cerca de R$ 197, 72) — deste valor, € 40 milhões seriam para a família de Neymar e € 17,1 milhões para o Santos. Mas a Justiça espanhola calcula que a transação foi de pelo menos € 83,3 milhões (o equivalente a R$ 283,15 milhões).

O DIS, que recebeu € 6,8 milhões dos € 17,1 milhões destinados ao Santos, considera que Neymar e o Barcelona se aliaram para ocultar o valor real da transferência.

Estratégia de Messi

Em sua defesa, Neymar alegou que se dedicava apenas ao futebol e seu pai era seu agente exclusivo, em quem confiava cegamente. Foi a mesma defesa usada pelo argentino Leonel Messi, que foi julgado e condenado a 21 meses de prisão por delito fiscal.

Em junho passado, o Barcelona concordou em pagar multa de € 5,5 milhões às autoridades espanholas para encerrar um caso de sonegação fiscal relacionado à negociação.

*Leia essa matéria na íntegra através do link:
https://oglobo.globo.com/esportes/defesa-de-neymar-comemora-vitoria-na-justica-espanhola-21297803

Fonte: oglobo globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!