Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Armado, delegado invade praça de pedágio e discute com funcionária ao ter viatura barrada

goo.gl/gpzBeW | As câmeras de segurança de uma praça de pedágio localizada na BR-163, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, flagraram o momento em que o delegado regional de Sinop, a 503 km da capital, Sérgio Ribeiro, invadiu o local durante uma discussão com uma funcionária do local após não ter a passagem do carro que usava liberado sem a cobrança da taxa. Nas imagens, é possível ver uma arma nas mãos do delegado.

O caso ocorreu no dia 12 de março, mas as imagens - que foram entregues à Polícia Civil de Sorriso - vieram à tona nesta semana. A reportagem tentou, mas não conseguiu contato com o delegado. Por meio de nota, a Polícia Civil disse que o caso foi um fato isolado e que a conduta do delegado já está sendo apurada pela corregedoria da instituição. A Concessionária Rota do Oeste, responsável pela administração praça de pedágio, registrou um boletim de ocorrência contra o delegado.

No vídeo, é possível ver o delegado invadindo a cabine da funcionária e puxando-a pelo braço. Com uma arma de fogo nas mãos, ele passa a puxar a funcionária. Ele teria levado a trabalhadora até a central de monitoramento do pedágio, onde teria discutido com outro funcionário para conseguir a liberação do veículo.

O delegado estaria usando uma viatura descaracterizada e ficou irritado ao não ter o acesso liberado. Segundo a Polícia Civil, na ocasião, o delegado estava em diligências de uma operação que investigava o roubo de carretas na região. Porém, de acordo com a concessionária, o veículo oficial, quando não identificado, deve comprovar a atividade pública e ser cadastrado, a fim de ter direito à isenção da taxa.

"Neste caso específico, o veículo utilizado pelo referido usuário não integrava nenhuma das duas categorias. Sendo assim, coube aos funcionários seguirem o procedimento padrão, que desencadeou na ação explícita em vídeo", afirmou a empresa, por meio de nota.

De acordo com a corregedoria da Polícia Civil, a instituição não tem conhecimento de que esse tipo de comportamento registrado na praça de pedágio, por parte do delegado, tenha ocorrido novamente.

Segundo a polícia, para melhorar o tráfego de viaturas nas rodovias do estgado, especialmente as descaracterizadas e acauteladas, foi encaminhada a relação de todas as placas das viaturas para cadastro na concessionária.

Por Lislaine dos Anjos, G1 MT
Fonte: g1 globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!