Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Policiais que usaram arma de fogo em manifestação contra reformas são indiciados

goo.gl/z3XZTL | Três policiais militares foram indiciados, por lesão corporal, e afastados de suas atividades operacionais por atirar contra manifestantes durante ato na Esplanada dos Ministérios no dia 24 de maio. Eles foram investigados pela própria Polícia Militar do Distrito Federal depois de serem flagrados em vídeo disparando armas de fogo.



Um dos vídeos mostra um agente atirando contra um repórter fotográfico do GLOBO. Naquela manifestação, um manifestante de 61 anos foi baleado no rosto.

O inquérito da PM durou dois meses, mas, segundo a corporação, algumas perguntas ainda não foram respondidas. Ao G1, a PM disse que não foi possível fazer perícia referente ao tiro que atingiu o manifestante, porque a bala ainda está alojada em seu rosto.

Nesta segunda-feira, a PM disse ao G1 que três militares usaram armas de fogo durante o ato. Os manifestantes protestavam contra o governo Temer e as reformas trabalhista e da Previdência.

O processo contra os policiais foi encaminhado à Auditoria Militar do Tribunal de Justiça do DF. Os três policiais continuarão atuando em serviços administrativos.

*Leia essa matéria na íntegra através do link abaixo:
https://oglobo.globo.com/brasil/policiais-que-usaram-arma-de-fogo-em-manifestacao-contra-reformas-sao-indiciados-21627294

Fonte: oglobo globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!