Notícias

:: NOTÍCIAS MAIS NOTÍCIAS

Curiosidades

:: CURIOSIDADES MAIS CURIOSIDADES

Dicas

:: DICAS MAIS DICAS

Artigos

:: ARTIGOS MAIS ARTIGOS

Senador propõe que autoridades sejam tratadas apenas por 'senhor' e 'senhora'

goo.gl/SCJD2q | O senador Roberto Requião (PMDB-PR) apresentou, nesta semana, no Senado Federal, um projeto que prevê o fim de tratamento cerimonioso para autoridades. Segundo a proposta, o uso de pronomes como 'excelência' e 'doutor', para se referir a cidadãos e detentores de cargos públicos, ficaria proibido em todo o território nacional, e essas pessoas seriam chamadas apenas de 'senhor' e 'senhora'.

Requião quer pôr fim ao modo cerimonioso de tratar autoridades depois que a procuradora da República, Isabel Vieira, protestou ao ser chamada de “querida” pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante depoimento ao juiz Sérgio Moro, no Paraná. Na ocasião, ela exigiu a forma protocolar devida, algo que foi acatado por Lula.

Um tratamento herdado da monarquia não cabe numa democracia, onde deve haver igualdade, defende Requião. A proposta do senador está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal.

Repercussão

No perfil oficial do Senado Federal no Facebook, diversos internautas se mostraram favoráveis ao projeto. Doutor é um título que se conquista com o grau de doutor, e não um pronome de tratamento. Acho justo, diz um dos comentários.  Acho que 'senhor' é respeitoso e tira a necessidade da burocracia, complementa outro internauta.

Na consulta pública aberta pelo Senado, 3.708 pessoas já se posicionaram favoráveis ao projeto até o momento, enquanto 468 votaram contra.

Fonte: diariodonordeste.verdesmares.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!