Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Veja o que você deve fazer quando o cachorro ou o gato fogem. 10 dicas valiosas!

goo.gl/Fc8mMu | A situação já foi vivida por quase todo mundo que tem um animal de estimação: um dia, um descuido, um pequeno vacilo e o pet sumiu! E aí, você sabe o que fazer?

Perder o animal de estimação é um medo constante. Se na sua residência houver uma criança, a experiência fica ainda mais traumatizante. O desespero bate e nem sempre sabemos ao certo como proceder. As dicas listadas abaixo pretendem te ajudar nisso.

Esperamos que você nunca precise delas, mas se precisar, torcemos para que elas possam ajudar.

Nota: aconselhamos que guarde esse link nos seus favoritos… nunca se sabe quando essas dicas serão necessárias.

1) Em primeiro lugar procure agir imediatamente. Semelhante ao desaparecimento de pessoas, o sumiço de animais tende a ter resultados mais positivos – localização – quando a procura é iniciada assim que se percebe a falta do pet. Nesse sentido, as primeiras 24 horas são fundamentais!

2) Procure pessoalmente em todos os lugares próximos a sua casa ou ao local do desaparecimento.  Se possível, chame o animal pelo nome. Se ele o ouvir irá se manifestar.

3) Converse com porteiros, seguranças, lixeiros. Essas pessoas estão ou têm vista para a rua constante. Para elas, é fácil ver um animal caminhando perdido. Se tiverem sua atenção despertada para um animal específico identificarão o pet tão logo o vejam.

4) Faça cartazes. Coloque a foto (recente, não adianta colocar a foto do pet quando filhote, caso ele já seja adulto), nome do animal, seu nome e 2 ou 3 números de telefone. Colocar apenas 1 pode limitar o contato – já pensou se justo naquela hora da ligação seu celular está sem sinal? Ter um segundo número pode remediar isso.

Detalhe: se você não tiver uma boa foto, ou recente, faça uma pesquisa na internet pela raça do cão ou do gato. Escolha uma que você ache parecia com a de seu animal e a use – como referência, ela servirá muito bem!

Nesse link você pode ver um artigo sobre como fazer um cartaz que tenha resultado numa busca por animal perdido. Dê uma olhada nele para fazer o seu.

5) Peça permissão e coloque os cartazes no comércio da região. Padarias, açougue, mercadinhos, agências dos correios, igrejas e restaurantes têm grande circulação de pessoas e por isso são boas opções. Os postes das ruas também valem.

6) Petshops e clínicas veterinárias são pontos onde, além dos cartazes, você deve ir, ou ligar – diariamente! É para esses estabelecimentos que as pessoas costumam levar os animais encontrados nas ruas.

É importante destacar que não basta ir ao pet mais próximo de você. Um cão, ou gato, pode andar vários quilômetros até ser encontrado por alguém, sendo assim, mesmo aquela clínica num outro bairro, um pouco mais distante, deve ser contatada.

7) Vá ao centro de controle de zoonoses de sua região. Muitos animais são recolhidos e levados para lá.

8) Faça uma pesquisa pela internet. Digite algo como animal perdido + bairro + cidade. Você vai se surpreender com a quantidade de pets encontrados e listados nessa procura. Visite esses sites diariamente. O animal que não estava ontem, pode estar hoje.

9) Use e abuse de seus contatos. Mande mensagens via twitter, e-mail, facebook. Mobilize seus amigos.

10) Certifique-se de sempre manter alguma forma de identificação no animal. Um pingente ou uma coleira e, fundamental, um telefone de alguém que possa atender a ligação. E troque o número sempre que seu telefone mudar (muita gente esquece de fazer isso).

Para finalizar esse artigo, algo que nem deveria ser destacado aqui: não desanime, não deixe de procurar. Assim como você, lembre-se de que seu pet também pode estar louco para voltar para casa.

Fonte: www.animale.me

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!