Notícias

:: NOTÍCIAS MAIS NOTÍCIAS

Curiosidades

:: CURIOSIDADES MAIS CURIOSIDADES

Dicas

:: DICAS MAIS DICAS

Artigos

:: ARTIGOS MAIS ARTIGOS

Exercício ilegal da profissão: jovem vai parar na cadeia depois de denúncia da OAB

goo.gl/TaE7yz | A Comissão de Fiscalização e Ética da OAB-PG e representantes da Subseção de São José dos Pinhais contaram com o apoio da Polícia Militar, para realizar uma ação no combate ao exercício ilegal da profissão da advocacia. Um rapaz de 29 anos, com escritório no Sabará, foi encaminhado até a 13ª SDP após ser flagrado trabalhando como advogado.



Comissão de Fiscalização da OAB-PG encaminhou a denúncia

O representante da Comissão de Fiscalização e Ética da OAB-PG, Michael Dipp, contou que uma pessoa entrou em contato com a Subseção para averiguar se o rapaz, que até então se identificava como advogado, possuía inscrição junto à OAB, pois ele estaria no exterior fechando parceria com advogados para captação de clientes. “Em consulta ao Cadastro Nacional de Advogados do Conselho Federal não constava a inscrição”, relatou.

O fiscalização aconteceu no horário em que a consulta foi marcada. O rapaz era estudante de Direito, tinha sala própria e trabalhava num escritório, onde dois advogados atuavam. Conforme foi levantado pela Comissão de Fiscalização de Ética da OAB-PG, o falso advogado se identificava em cartões como se fosse profissional da área, assim como em redes sociais e para clientes do escritório.

“Contratar uma pessoa que não é advogada ocasiona prejuízo não só para outros advogados, mas para a sociedade civil, que se torna uma vítima. Não existe responsabilidade sobre o trabalho contratado. Aproveitamos para pedir que todas as pessoas, que tiverem esse problema ou souberem de um caso como este, que procure a OAB”, destacou a presidente da OAB-PG em exercício, Rúbia Carla Goedert.

O rapaz foi encaminhado para a delegacia, onde foi feito boletim de ocorrência e instaurado inquérito policial para apuração dos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão.

“A OAB do Paraná se uniu para fiscalizar a profissão e combater os falsos advogados. Temos feito um trabalho efetivo com apoio das subseções a pedido dos advogados, que querem valorizar a profissão”, enfatizou o presidente da Subseção de São José dos Pinhais, Jaiderson Rivarola.

Fonte: www.diariodoscampos.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!