Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Sinais de embriaguez: policial civil é autuado por não fazer bafômetro em blitz da PM

goo.gl/KgMV6E | Um policial civil foi autuado por se negar a fazer o teste do bafômetro e teve a viatura descaracterizada apreendida durante uma blitz da Polícia Militar. Segundo a corporação, o agente estaria com sinais de embriaguez. O teste realizado no Instituto Médico Legal (IML), contudo, deu negativo.

O caso ocorreu no sábado (7/10), depois que motoristas disseram aos policiais militares que teriam sido abordados por um policial civil a alguns quilômetros da barreira, montada na altura da 405 Sul, sentido L2 Sul. De acordo com as testemunhas, ele estaria alertando as pessoas sobre a operação e orientando que elas mudassem seu trajeto para que não fossem paradas.

Ao tentar passar pela barreira de trânsito, o policial civil foi parado. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro. Os militares, entretanto, notaram alguns sintomas de embriaguez. O agente foi autuado por se recusar a fazer o teste e a viatura da PCDF que ele usava foi guinchada e recolhida ao depósito do Detran. O veículo, segundo a PM, estava com a documentação atrasada. A ocorrência foi registrada na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

“Durante a operação, alguns policiais civis estiveram no local e tentaram interferir no caso, querendo a liberação da viatura e também o cancelamento da autuação aplicada. Alertamos que esse tipo de conduta coloca em risco não apenas a segurança dos policiais, mas principalmente da população”, acrescentou a PM por meio de nota.

De acordo com a corporação, os riscos para a sociedade são grandes quando os criminosos deixam de ser surpreendidos pela polícia em uma barreira por terem sido avisados da blitz. A Polícia Militar ressaltou que operações como essas são responsáveis por prisões e apreensões de armas de fogo e drogas.

O outro lado

Em uma gravação obtida pelo Metrópoles, o policial civil alegou que não estava embriagado e que, inclusive, estava de sobreaviso.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, que, por envolver servidor policial, “o caso será encaminhado à Corregedoria para as devidas apurações cabíveis”.

Segundo o teste realizado no IML, o agente estava calmo, caminhando e falando normalmente, com o raciocínio lógico preservado. As pupilas também estavam normais. Com relação ao hálito, o perito sentiu odor de chiclete e não de álcool.

Lei Seca

Equipes do Detran e da Polícia Militar autuaram, apenas neste fim de semana, 135 motoristas que dirigiam sob efeito de álcool. Outros sete motoristas foram presos: quatro por embriaguez; um por desacato; um por dirigir com a CNH suspensa e outro por apresentar documentação falsa do veículo.

Na operação realizada em Taguatinga, Núcleo Bandeirante, Fercal, Plano Piloto, Gama, Park Way, Sobradinho, Noroeste e Paranoá, agentes e PMs apreenderam uma arma de fogo e removeram 233 veículos ao depósito do Detran.

Por Mirelle Pinheiro
Fonte: www.metropoles.com

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!