Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Policial ‘paquera’ menina de 12 anos, envia e pede nudes e acaba preso em encontro marcado

goo.gl/JiaX1R | Um soldado da Polícia Militar (PM) foi preso na tarde desta terça-feira (3) ao marcar um encontro com uma garota de 12 anos, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Antes do encontro, o policial enviou fotos para a menina e pediu que recebesse outras, mesmo ciente da idade dela. No momento da prisão, o celular do policial armazenada conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Ele resistiu à prisão e confessou aos investigadores da Delegacia da Mulher que tinha ‘feito coisa errada’.

Segundo o pai da garota, a estudante volta para a casa de ônibus do transporte coletivo no mesmo horário em que o policial também embarca no coletivo. Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) registrado pelo pai da menina, ‘o policial olhava para a filha dele de uma forma diferente, com desejo, paquerando”. Ainda, a descrição do boletim revela que o policial fez um bilhete entregando o número de telefone dele para a menina, mesmo – segundo ela – ter falado que tinha apenas 12 anos. “Então, vamos guardar segredo”, escreveu o policial, via WhatsApp.

Os detalhes das conversas foram anexadas pelo pai da menina no BO. “Acha ela linda, interessante e deseja namorar com ela e fazer carinho. Informou ainda que, no momento da conversa, o noticiado disse que gostava de ficar nu, que estava sem roupas e que mandou uma foto do tórax dele, sem camisa. Que também pediu para a menina lhe enviar fotos de biquíni e perguntou se ela queria vê-lo pelado, e se gostava de assistir a filmes pornográficos e que lhe enviaria um”, descreve o documento.

Com o BO registrado, policiais da Delegacia da Mulher foram a campo para descobrir se o policial iria comparecer em um encontro marcado com a garota. Em uma praça, entre as ruas Mal. Mallet e Toledo, ele recebeu voz de abordagem e não obedeceu os policiais na ação.

Para os investigadores, ele gritava que tinha feito coisa errada e que era para atirarem nele, já que não iria acatar as ordem policiais. O soldado foi dominado, desarmado e algemado por causa do comportamento alterado.

O celular dele foi visto no local pelos investigadores da Delegacia da Mulher e confirmado a presença de vídeos pornográficos contendo crianças e adolescentes. O soldado foi preso em flagrante por ameaça e importunação ofensiva ao pudor.

Polícia Militar

A Banda B entrou em contato com a assessoria da PM sobre o caso e recebeu a seguinte nota, que será publicada na íntegra:

“De acordo com o 12º Batalhão da PM, unidade a qual o soldado pertence, a prisão do policial ocorreu no horário de folga dele, que agora encontra-se preso. Um procedimento será aberto para apurar os fatos e a conduta do policial. A Polícia Militar do Paraná informa que não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e que vai adotar todas as providências necessárias respeitando o devido processo legal, a ampla defesa e o contraditório”, finaliza.

Fonte: www.bandab.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!