Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Justiça nega pedido de liberdade para dupla que tatuou testa de adolescente

goo.gl/2EZJzC | O pedido de revogação da prisão de Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27 anos e Ronildo Moreira de Araújo, acusados de tatuarem a frase "Eu sou ladrão e vacilão" na testa de um adolescente de 17 anos foi rejeitado pela Justiça.

O caso aconteceu no último mês de junho na cidade de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. A tatuagem teria sido feita após o adolescente ter supostamente tentado roubar uma bicicleta.

O menor, os réus e as testemunhas foram ouvidas pelo Ministério Público no último dia 12. De acordo com a promotora Giovana Guerreiro, nenhum dos réus negou que tenha praticado a agressão. Eles são acusados de ameaça, lesão corporal gravíssima e constrangimento ilegal. Na interpretação da promotora não ocorreu crime de tortura, porque não ficou confirmado sofrimento durante a ação.

Como Maycon e Ronildo confessaram o crime, as defesas dos dois vão apelar pela redução da pena.

Tratamento

O jovem de 17 anos está internado em uma clínica para o tratamento contra drogas e álcool na cidade de Mairiporã, onde é atendido gratuitamente. O centro oferece atendimento psiquiátrico e psicológico, de convivência social e atividades esportivas e lúdicas.

Para remover a tatuagem já foram realizadas três sessões com o menor, de acordo com a mãe dele, Vânia Rocha.

Fonte: jconline.ne10.uol.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!