Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

3 problemas que você pode ter com a bomba de combustível [+ nova fraude dos postos]

goo.gl/w2z6Yt | Você sabe para que serve a bomba de combustível?

Não se apresse em responder.

Afinal, parece que temos uma resposta bem óbvia, certo? Nem tanto.

Muitos motoristas não se importam com detalhes sobre como funciona o veículo desde que ele não apresente problemas.

Mas a bomba de gasolina, ou bomba de combustível, não é exatamente um detalhe.

Além disso, não importa se o veículo é novo ou não, os problemas sempre aparecem.

Isso acontece porque as peças do carro vão se desgastando, algumas mais rapidamente do que outras.

Não dá para se preocupar apenas com o aspecto visual do veículo, com a limpeza da lataria, o estado dos pneus e da película dos vidros.

A bomba de combustível, que é o assunto deste artigo, exige atenção redobrada.

Você vai entender melhor ao compreender como ela funciona e acabar com dúvidas comuns.

Afinal, a quantidade de combustível no tanque pode prejudicar a bomba de injeção? Andar com a moto na reserva estraga? E com o automóvel?

Veremos ao longo do texto quais são os problemas mais comuns que ocorrem na bomba de combustível e quais cuidados devem ser tomados para evitá-los

Muito importante: traremos esclarecimentos sobre uma nova forma de fraude que envolve a adulteração na bomba de combustível dos postos.

E se você for vítima, a preocupação será outra: aprenda como denunciar posto de gasolina.

Pronto para conhecer mais sobre bomba de combustível?

Então, acompanhe nosso artigo e mantenha-se sempre bem informado e atualizado sobre o seu carro e o trânsito brasileiro.

Para Que Serve a Bomba de Combustível

Começaremos nosso artigo com uma pergunta bem simples: você sabe dizer qual é a função da bomba de combustível?

De acordo com o site O mecânico, a bomba de combustível tem como finalidade mover a gasolina que está no tanque até o sistema de alimentação do motor.

Ou seja, é bem simples de entender.

Em outras palavras, ela é de grande importância para o funcionamento de todo o veículo.

Se a bomba de combustível não estiver funcionando perfeitamente, mais cedo ou mais tarde, ocorrerá algum problema no seu carro ou moto.

Mais à frente, veremos em detalhes que problemas são esses.

Mas antes, vamos descobrir quais tipos de bombas de combustível existem.

Tipos de Bombas de Combustível



A bomba de combustível pode ser mecânica ou elétrica

Quem não entende muito de mecânica pode até achar que todos os veículos possuem a mesma bomba de combustível.

Afinal, a sua função não muda de um automóvel para uma moto, por exemplo.

Mas não se engane.

Conforme o site Oficina Brasil, é possível apontar a existência de dois tipos de bomba de combustível. São elas:

"Bomba de combustível mecânica: presente em carros com carburador;

Bomba de combustível elétrica: presente em veículos com injeção eletrônica".

A bomba de combustível mecânica está situada no compartimento do motor. Já a bomba de combustível elétrica é mais moderna e tem um desempenho melhor.

Interessante destacar que é possível realizar um teste de bomba elétrica.

A finalidade é verificar a pressão e a vazão em veículos que possuem a injeção eletrônica.

Para tanto, existe uma série de equipamentos utilizados para medir a bomba elétrica. Como exemplos, o medidor de bomba de combustível analógico e o equipamento para medição instantânea de vazão.

Mas perceba que esses são equipamentos muito específicos, ou seja, não é necessário você ter em casa.

Se você precisar testar a bomba elétrica, vá em um mecânico especializado. É mais simples, barato, seguro e eficiente.

Funcionamento da Bomba de Combustível

Agora, vamos começar a esclarecer como a bomba de combustível funciona.

De acordo com artigo do engenheiro mecânico Denis Marum, a bomba está abrigada dentro do tanque do veículo para que a gasolina refrigere o pequeno motor elétrico dentro dela.

Quando a chave de ignição é acionada e as luzes do painel acendem, a bomba de combustível começa a funcionar.

“E ela não para, fica mandando combustível para o motor esteja ele funcionando ou não. Aquilo que o motor não queima é devolvido para o tanque”, explica Marum.

Durante esse processo, o motor elétrico é bastante exigido e, por isso, aumenta consideravelmente de temperatura.

Para amenizar, uma dica é sempre manter o tanque do carro longe da reserva (veremos mais sobre isso em breve).

Vale dizer ainda que a bomba de combustível é formada por três componentes: pré-filtro, conjunto de alta pressão e motor elétrico.

3 Problemas Que Podem Dar na Bomba de Combustível



Um dos problemas é o excesso de uso da gasolina, o que causa prejuízo ao dono do veículo

De acordo com o site Dinamicar, é preciso ficar atento aos sinais que indicam a necessidade de substituir a bomba de combustível.

Anote aí os três problemas principais:

"Motor apresentando falhas e baixo desempenho;

Dificuldade para alcançar determinada velocidade;

Gasto excessivo de gasolina".

Uma das primeiras coisas que pode ocasionar esses problemas é o tempo. Você sabe quanto tempo dura a bomba de combustível em um carro com manutenção em dia?

Estima-se que o prazo de validade da bomba de combustível seja de aproximadamente 100 mil quilômetros.

A outra é o combustível adulterado. A gasolina “batizada” é um verdadeiro veneno para qualquer tipo de veículo.

Lembrando que, normalmente, a gasolina é batizada com etanol ou água, enquanto o etanol normalmente é batizado com água.

Obviamente você deve imaginar o que a água faz em um motor que precisa de combustão (explosão), correto?

Por isso, procure abastecer somente em postos de confiança.

Não abasteça em postos nos quais os preços estejam muito abaixo da média e que você não conheça a procedência.

É grande a possibilidade de se tratar de gasolina adulterada. Ela causa um grande desgaste nas peças do carro, sem contar no motor.

Não é raro que o motor comece a falhar quase na hora depois de ter sido abastecido com gasolina adulterada.

De acordo com o site G1, os combustíveis podem sofrer três tipos de adulteração:

"Acréscimo de etanol na gasolina;

Mistura de água no etanol;

Adição de solventes no etanol e gasolina".

O crime não é misturar etanol na gasolina (isso é previsto em lei), mas ultrapassar os limites impostos. Neste caso, até mesmo a partida do motor se torna mais difícil.

E o aumento do consumo é outra consequência, pois a proporção combustível/ar necessária para cada um desses combustíveis é totalmente diferente, o que impede o bom funcionamento.

Mas essa forma de adulteração de combustível não é a pior.

No caso da adição de solventes no etanol e gasolina, é o sistema inteiro de alimentação que está sendo prejudicado.

A bomba de combustível pode acabar totalmente entupida.

Segundo o site da Bosch, é possível perceber claramente a oxidação e a corrosão em vista da utilização de combustível adulterado ou incorreto.

Por exemplo, apenas utilize o etanol (que é mais barato que a gasolina) se esse combustível for indicado no manual do proprietário do veículo.

O carro é uma máquina criada para funcionar conforme as especificações de fábrica. Também é possível perceber que o pré-filtro está saturado por causa do combustível inadequado.

Atenção Ao Risco De Superaquecimento

Outra coisa que pode até gerar superaquecimento é o veículo ser utilizado diversas vezes na reserva de combustível.

Também é possível que isso ocorra por ter havido uma sobretensão elétrica, que tem como principal causa alguma manutenção feita de forma errada.

Por isso, não leve o seu veículo para qualquer mecânica ou aquela que cobra um preço bem mais barato que a média.

Invista o seu dinheiro da melhor forma possível para não ter problemas maiores no futuro.

Procure uma mecânica especializada. Pergunte aos amigos e familiares por recomendações, caso não conheça nenhum mecânico de confiança.

Por exemplo, um profissional descuidado pode acabar por derrubar e quebrar a bomba de combustível.

Já outro pode até mesmo utilizar uma ferramenta errada por falta de conhecimento técnico e danificar a bomba de combustível.

Uma série de problemas pode acontecer quando a mão de obra não é especializada. Ainda mais se tratando de veículos que possuem um grande número de peças. Não vale correr o risco!

Como Denunciar um Posto de Gasolina



Confira dicas para evitar ser prejudicado por combustível adulterado

Quando nos referimos ao funcionamento de bombas de gasolina, também é preciso mencionar os postos de combustíveis.

Como vimos, ao abastecer, você pode se tornar mais uma vítima de um golpe que, infelizmente, tem se tornado comum.

Falamos da adulteração de combustível.

Você sabe como denunciar um posto de gasolina que vende combustível adulterado? Essa é uma informação muito importante.

Afinal, você pode estar abastecendo em um posto que vende gasolina adulterada e não sabe.

Com o tempo, o seu carro vai apresentar falhas. Cedo ou tarde, isso pode acontecer por causa do combustível de baixa qualidade.

Se você tiver dúvidas de um posto, não hesite ou “deixe para lá”.

Denuncie pelo seu bem e de todos os outros consumidores.

De acordo com o site da Agência Nacional do Petróleo (ANP), você pode denunciar um posto de combustível de duas formas diferentes;

"Dada a praticidade da internet, você pode acessar esta página da ANP;

Ou você também pode discar o número 0800 970 02 67. Não se preocupe: a ligação é gratuita".

Mas atenção: antes de fazer a denúncia, você precisa ter alguns dados do posto. É preciso saber informações como CNPJ, endereço, distribuidora e razão social.

A dica é sempre pedir a nota fiscal de todo o combustível que você compra. Esse documento é a garantia de que você comprou combustível naquele posto.

Na nota fiscal, existem informações que podem servir para embasar a sua queixa contra o posto de combustíveis.

Nova Fraude Na Bomba De Gasolina

De acordo com o site UOL, em 2017, existe uma nova forma de enganar os motoristas na hora de abastecer.

É a fraude que envolve a bomba de gasolina. Preste bastante atenção, porque é um golpe muito difícil de ser percebido.

A fraude começou na cidade de São Paulo. É um golpe sofisticado, porque envolve a instalação de um chip que interfere na placa eletrônica e muda a contagem de combustível que fica disponível para o consumidor.

O chip funciona totalmente à distância e pode ser acionado por um aplicativo do celular ou mesmo por um controle remoto.

Conforme disse à reportagem Guaracy Fontes Monteiro, superintendente do Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem-SP), é difícil para o órgão identificar essa fraude.

“Tem que abrir a bomba, deslacrar e olhar para ver se encontra o chip. Porque, geralmente, quando o fiscal chega ao posto, a fraude já está desligada”, declarou ele ao site Uol.

Imagine que você vai em um posto de gasolina e abasteça 20 litros. Se a bomba de gasolina estiver fraudada, o tanque de seu carro está recebendo na verdade somente 18 litros, por exemplo.

É uma grande sacanagem com o consumidor: além de pagar um preço muito alto pelo combustível, ainda recebe menos do que pagou.

A fraude começou na cidade de São Paulo, mas é bem possível que ela chegue também a outros estados. Por isso, cuidado!

Além de ter a maior frota de veículo de todo o território nacional, existem cerca de nove mil postos de gasolina em São Paulo.

E o que ocorre com o posto que participa da citada fraude na bomba de combustível?

Na cidade de São Paulo, uma lei criada em maio de 2017 estabelece a cassação do registro do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

E a pessoa física ou jurídica é impossibilitada de trabalhar no ramo de combustível por cinco anos.

O presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares, disse em entrevista a UOL que a intensificação do rigor da lei inibe a fraude na bomba de combustível:

“Nós achamos que a nova lei será muito eficiente para isso, mas ela vai depender da disposição das autoridades. Se não fiscaliza, não adianta nada. Tem que ter uma fiscalização mais assídua dos órgãos responsáveis, para aí separar o joio do trigo”.

Como é possível perceber, o cumprimento da nova lei depende da boa vontade da fiscalização.

Andar com Carro ou Moto na Reserva Estraga?



Fique atento a isso!

Não é incomum os motoristas brasileiros trafegarem com o tanque na reserva, seja por falta de dinheiro para abastecer ou por que “não acontece nada se fizer isso”.

Isso é um grande erro.

O que possivelmente vai acontecer com o seu veículo é que a bomba de combustível poderá estragar e te deixar na mão na estrada.

E aí será necessário gastar dinheiro para consertar o veículo. Você não gostaria disso, não é mesmo?

De acordo com uma reportagem do site G1, o motorista não deve trafegar com o tanque sempre vazio por muito tempo. É recomendado que o tanque esteja no mínimo com ¼ de combustível.

Ainda nessa matéria, de acordo com o engenheiro Gilberto Pose, Coordenador de Combustíveis na Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, é bastante comum carros terem pane por bomba de combustível queimada.

“A falta de lubrificação correta provoca o superaquecimento”, justifica ele.

Problemas Ocasionados Pela Falta De Combustível

Mas os problemas vão além.

Não esqueça que a falta de gasolina pode prejudicar o funcionamento da bomba de combustível. Entretanto, isso ainda não é tudo.

Além de causar problemas na bomba de combustível, andar sempre na reserva pode gerar problemas no sistema de ignição do veículo.

Mas por qual motivo isso acontece?

Como o tanque está na reserva, a bomba “busca” a gasolina no fundo do tanque. E no fundo do tanque também se encontram resíduos que são danosos.

Misturado com a gasolina, tais resíduos podem ser levados até o sistema de injeção eletrônica.

A consequência disso é desastrosa para o veículo: ocorrerão falhas e até mesmo uma pane total.

Para evitar os graves problemas aqui citados, a dica é trafegar com o tanque do carro com uma quantidade que varia entre 12  e 15 litros de combustível.

Atenção Com A Pane Seca

Você sabe o que significa o termo pane seca?

Como é possível imaginar, a pane seca envolve a falta de combustível no tanque do veículo.

Imagine que você está trafegando numa rodovia e a gasolina acaba.

Além do aborrecimento por ter se esquecido de abastecer o veículo, o motorista pode levar uma multa.

Sim, a pane seca dá multa. E não é somente isso.

Veja o que diz o artigo 180 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

“Art. 180. Ter seu veículo imobilizado na via por falta de combustível:

Infração – média;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – remoção do veículo.”

Em outras palavras: o motorista receberá 4 pontos na CNH, pagará uma multa de R$ 130,16 e terá o carro removido (uma vez que ele não funcionará sem gasolina).

Vale correr o risco?

Cuidados Essenciais



A bomba de combustível é uma parte sensível do carro

Nós já alertamos sobre o risco de abastecer com gasolina ou etanol adulterados.

Agora, naquilo que compete a você, há outros cuidados essenciais além de não andar com o tanque na reserva.

Veja o que diz o gerente de Assistência Técnica da Bosch, Paulo Souza, ao site O mecânico:

“Na bomba propriamente não há manutenção. Assim, é necessário cuidar da substituição do filtro de combustível e pré-filtro nos intervalos indicados pela montadora. Dessa forma, a bomba de combustível trabalhará em condições adequadas tendo maior durabilidade”.

Conclusão: não existe manutenção para a bomba de combustível, ou seja, se ela der problema, será necessário substituí-la.

Mas isso não significa ser desleixado com seu veículo. A manutenção de todas as peças do carro garante a sua segurança e a de todos no trânsito.

Faça a manutenção de outras peças para garantir a maior durabilidade e qualidade da bomba de combustível.

Preço Da Bomba De Combustível

Se o problema for sério e precisar trocar, você sabe qual é a média de preço de uma bomba de combustível?

Como exemplo, vamos citar o Celta, que é um carro popular. A bomba de combustível desse modelo custa, em média, entre R$ 210 e R$ 235.

Mas se o carro que você tem for um Corsa?

Aí os valores médios são os seguintes: R$ 181,00 (marca Delphi); R$ 100,80 (Delphi); R$ 144,03 (Bosch); R$ 145,28 (Bosch).

Na hora de fazer a compra da bomba de combustível, não esqueça de procurar especificamente pelo modelo de seu carro.

Como é possível perceber, a média de preços da bomba de combustível não é muita alta.

Então, se ela estiver dando problemas, não adie a solução do problema.

Compre uma nova bomba de combustível para o seu veículo e evite que os danos atinjam outras peças e componentes.

Conclusão



É um direito seu fazer a denúncia de postos que prejudicam seus clientes!

Agora, você já sabe que a bomba de combustível é essencial para o bom funcionamento do carro e da moto.

Se o motor está apresentado falhas e consumindo muito combustível, existe uma grande possibilidade que o problema esteja nela.

Não fique na dúvida: leve seu veículo numa mecânica especializada.

É sempre importante que você faça a sua parte, cuidando bem do veículo.

Um cuidado do dia a dia no trânsito é bem simples: evite trafegar com o tanque na reserva.

Além disso, você viu que uma possível pane seca gera multa, pontos na carteira de habilitação e o pior: a remoção de seu veículo pela autoridade competente.

A dica é trafegar com pelo menos ¼ do tanque com combustível. Assim, a bomba de combustível funcionará melhor e também terá maior durabilidade.

Isso porque o pouco combustível no motor interfere no desempenho da bomba de combustível e pode afetar o sistema de ignição.

Cuidar bem do seu carro ou moto é essencial. E isso inclui, como vimos, ficar atento a fraudes.

Descrevemos neste artigo um novo tipo de golpe na bomba de combustível que está prejudicando os motoristas de São Paulo.

A sofisticação da fraude chega a espantar porque envolve o uso de um chip e não apenas a adulteração no combustível.

Acontece que o consumidor compra uma quantidade de combustível, mas recebe menos.

Fique de olho no posto no qual você costuma abastecer.

E se o carro começar a apresentar falhas depois do abastecimento, esse é um indício que a gasolina pode ter sido adulterada.

É seu direito denunciar!

Por Doutor Multas
Fonte: doutormultas.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!