Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Perícia aponta violação e concurso para delegado da Polícia Civil deve ser anulado

goo.gl/zK47PF | O concurso para o cargo de delegado substituto da Polícia Civil de Mato Grosso, aplicado em 8 de outubro e que mobilizou pelo menos 13 mil candidatos, deve ser anulado ainda nesta semana. Fontes do site rdnews asseguram que a perícia realizada nos envelopes, feita pelo perito Flávio Yuudi Kubota, aponta que houve uma violação parcial na lateral de um dos envelopes.

Concurso para delegado pode ser anulado
Como as investigações ocorrem em segredo de Justiça, a reportagem entrou em contato com o delegado Diogo Santana, titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), e ele informou que o inquérito tramita em sigilo. O resultado das diligências está sendo repassado à comissão do concurso e ao Ministério Público Estadual (MPE).

Apesar disso, está marcada uma reunião nesta quarta (8) na sede do MPE, entre representantes da organização do concurso, a Cespe, membros do órgão fiscalizador e os delegados que investigaram, para analisar se foi possível uma violação, se passaria uma prova pela extremidade ou se foi um acidente.

A considerar o resultado da perícia, o certame pode ser anulado, visto que o teste realizado na Politec comprovou a suposta fraude.

O caso

Rumores de que envelopes contendo provas do concurso teria sido violado, começaram no dia do certame, 8 de outubro. As imagens começaram a circulam nas redes sociais e aplicativos de mensagens. Além disso, fotos que supostamente são da prova também passaram a circular.

Em uma das imagens que circula, de um grupo de WhatsApp, uma pessoa relata que um candidato recebeu um envelope “com cara de que tinha sido aberto e colado”. Diante do suposto ocorrido, o delegado presente ordenou que a situação constasse em ata, fez uma foto do envelope e mandou a prova continuar.

Segundo a Polícia Civil, mais de 13 mil candidatos se inscreveram no concurso. O salário inicial após a nomeação chega a R$ 19 mil.

Fonte: www.rdnews.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!