Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Concursos 2018: mais 15 órgãos com possibilidade de vagas para o próximo ano

goo.gl/aBfb19 | Que o próximo ano é promissor para os concursos públicos, todos os concurseiros já sabem! Mas, além daqueles órgãos com certames confirmados, autorizados ou previstos, há aqueles que tiveram pedidos de vaga protocolados junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), o que significa que 2018 pode trazer, ainda mais, vagas!

Dentre tribunais, ministérios e demais instituições das áreas jurídicas, segurança e financeira, as oportunidades são muitas, bem como as remunerações iniciais previstas, podendo contemplar cargos de níveis médio e superior de escolaridade e lotação em diversas partes do país. Confira a lista de órgãos que tiveram pedido protocolado junto ao MPDG ou que já têm orçamento previsto para novas contratações:

Tribunal de Contas da União (TCU)

Tem concurso previsto para o primeiro semestre do ano que vem, já que o anterior tem validade extinta em dezembro deste ano e não pode mais ser prorrogado. A expectativa é de que sejam lançadas dez vagas na carreira de auditor, com remunerações iniciais de R$22.843,35.


Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

O último concurso, realizado em 2012, já está vencido, portanto, as chances de realização de concurso são grandes. Ademais, já estão previstas oito contratações no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2018.

Ministério Público da União (MPU)

São previstas sete contratações em PLOA. Como não foi autorizado concurso para o MPU em 2017, segundo recomendação da Procuradoria-Geral da República de setembro, o provimento de vagas deverá ser substancial no próximo ano.

Defensoria Pública da União (DPU)

Há autorização para criação de 811 novos postos efetivos para provimento no quadro funcional do órgão. Portanto, além do certame lançado neste ano para Defensor, há chances de novos concursos para 2018.

Advocacia Geral da União (AGU)

Foi autorizado pelo MPDG o provimento de 100 vagas imediatas mais formação de cadastro de reserva. Poderão ser contemplados cargos de níveis médio e superior com iniciais que variam entre R$4.100,00 e R$6.200,00.

Ministério da Integração Nacional (MI)

A solicitação de vagas em cargos de níveis médio e superior já foi enviada ao MPDG e aguarda aprovação. O último concurso realizado pelo MI data de 2013 quando, sob a organização do Cespe/Unb, foram ofertadas 122 vagas para assistente técnico administrativo.

Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJ)

Outro ministério que protocolou pedido de vagas para concursos público junto ao MPDG. Assim como o MI, seu último certame data de 2013, quando foram ofertadas oportunidades para carreiras de nível superior.

Secretaria do Tesouro Nacional (STN)

Também já protocolou pedido de vagas para concurso público junto ao MPDG e aguarda aprovação. O órgão passa por déficit de funcionários, até porque seu último concurso foi realizado em 2013, sob a organização da Esaf, além do fato de, aproximadamente, 140 servidores entrem em aposentadoria até o final de 2017.

Previc

A autarquia enviou pedido para 128 vagas nas carreiras de analista administrativo, especialista em previdência social, administrador, técnico administrativo e atuário.

Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG)

O concurso para uma das carreiras da administração pública tem pedido de vagas junto ao MPDG. A carreira pede ensino superior.

Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade)

O pedido enviado ao MPDG contém 13 vagas para carreiras de níveis médio e superior (agente administrativo e contador, respectivamente). As remunerações iniciais podem chegar a R$5.739,09.

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)

O órgão enviou pedido com 299 vagas para assistente e analista. Em verdade, o CNPQ aguarda desde 2015 pela liberação do certame e, ao que tudo indica, a autorização pode sair para 2018.

Justiça Militar da União (STM)

O edital do concurso para o STM já está confirmado, contemplando os cargos de analista e técnico judiciário. O empecilho para sua divulgação está na retificação da minuta do documento, em referência a forma de pagamento das taxas de inscrição. Tão logo a questão seja solucionada, o certame, que tem o Cespe/Unb como banca organizadora, terá seu edital divulgado.

Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN)

O pedido de concurso enviado em maio conta com 240 vagas na carreira de procurador e já está em análise. O candidato deverá ter concluído ensino superior em Direito, além de possuir registro na OAB e prática forense mínima de dois anos.

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)

Com último concurso realizado em 2012, o órgão tem pedido de vagas encaminhado para o MPDG e aguarda aprovação. No certame anterior, organizado pelo Cespe/Unb, foram ofertadas 140 vagas para cargos de níveis médio e superior.

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI)

Assim como outros ministérios desta lista, teve protocolado pedido com novas vagas para concurso público. Seu último certame data de 2012, quando foram disponibilizadas oportunidades em carreiras de níveis médio e superior.

Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!