Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Barbaridade: empregada doméstica é morta dentro de ônibus por conversar alto demais

goo.gl/NRdKjY | Uma empregada doméstica de 49 anos foi assassinada supostamente por falar alto demais dentro de um ônibus, na segunda-feira (11), em Belo Horizonte (MG). Ela foi ferida com golpes de canivete por outra passageira que estava no coletivo.

Testemunhas contaram à polícia que Valdete Lopes Queiroz teria embarcado no ônibus da linha 61, na região de Venda Nova, e passou a viagem até o Centro conversando. Uma mulher teria ficado incomodada e antes de descer do ônibus golpeou Valdete com um canivete.



Mulher ferida com golpes de canivete foi levada ao Hospital João 23, mas não resistiu às lesões Foto: Reprodução / Google Street View

O motorista não percebeu a situação e seguiu viagem. Ele foi alertado pelos passageiros que a doméstica estava ferida e parou o coletivo perto da Companhia da Polícia Militar (PM), na rua Carijós.

A suspeita fugiu em direção à Praça da Rodoviária e não foi localizada pela polícia. A faca usada no crime foi abandonada dentro do ônibus. A vítima, que residia em Vespasiano, na Grande BH, foi encaminhada ao hospital João XXIII, mas não resistiu às lesões.

Quase todos os dias ela pegava o mesmo ônibus, de madrugada, para chegar cedo ao trabalho. A polícia procura pela criminosa. Se for localizada, ela pode responder por homicídio qualificado e pegar até 30 anos de prisão caso seja condenada.

As informações são da Record/MG

Fonte: tnonline.uol.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!