Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Vítima de estupro em iate ganha na Justiça $70 milhões de indenização, decide juíza

goo.gl/mZmybH | Uma mulher – que foi estuprada em um iate de luxo em Fort Lauderdale em 2015 – ganhou uma causa contra a empresa dona da embarcação no valor de $70.6 milhões. A sentença foi dada por uma juíza do Condado de Broward na segunda-feira (29).

De acordo com documentos do tribunal, o estupro aconteceu a bordo do iate Endless Summer, um iate de 130 pés que estava atracado na Universal Marine Center em Fort Lauderdale. A vítima trabalhava no iate como agente de bordo para a empresa proprietária da embarcação, a Island Girl Ltd. No momento do crime, três pessoas estavam no iate: a vítima, o acusado Rafael Dowgwillowicz-Nowicki e o gerente do iate, que também foi processado.

Rafael foi preso acusado de estupro pela vítima que alegou que ele estava bêbado, invadiu sua cabine e forçou a mulher a fazer sexo com ele. Ele teria a ameaçado de morte. O polonês se declarou culpado em 2016 e cumpriu pena de dois anos.

Segundo o processo judicial, a empresa Island Girl falhou em não garantir a segurança da vítima. O gerente estava dormindo no segundo andar do iate e não teria ouvido os gritos da vítima.

Por ACHEIUSA
Fonte: www.acheiusa.com

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!