Família é presa acusada de forçar aborto em jovem estuprada pelo próprio irmão

Nenhum comentário
goo.gl/21r1zX | Quatro pessoas de uma mesma família foram condenadas à prisão acusadas de espancarem uma adolescente grávida para forçar um aborto em Dallas, no Texas. Um detalhe deixa tudo mais macabro: ela havia sido estuprada pelo irmão.



Sharon Jones, de 47 anos, sua filha, Cecilia McDonald, 28, e o filho, Cedric Jones, Jr., 29, foram presos esse ano pelo crime cometido em 2012. Outro homem, Lonnell McDonald, já havia sido sentenciado em 2016.

De acordo com o texto do mandado de prisão, a jovem vivia com os parentes que, quando descobriram como ela havia ficado grávida, ficaram nervosos com a possibilidade da criança ser levada pelos serviços de assistência social americanos.

Segundo a polícia, os familiares decidiram pelo aborto inicialmente fazendo com que a adolescente tomasse comprimidos contraceptivos. Como a tática não funcionou, Cecilia McDonald segurou os braços da irmã enquanto Lonnell McDonald sentou na barriga dela e começou a pular.

Logo depois, o irmão da menina, Cedric, chegou em casa, quando começou a chutá-la e socá-la repetidamente. A vítima, que estava no oitavo mês de gestação, ainda deu à luz, mas a criança morreu logo depois.

A família tentou eliminar o corpo usando uma grelha, mas não conseguiu. Com isso, Sharon Jones pagou Cedric 25 dólares para que ele escondesse o feto em um local desconhecido. O irmão que cometeu o estupro, Robert Cayald, de 24 anos, segue esperando julgamento.

Fonte: www.metropoles.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!