Caso inusitado: cerca de 30 candidatos 'somem' da lista de convocados da Polícia Civil

Nenhum comentário
goo.gl/Ukycdd | Cerca de 30 candidatos da reserva técnica do concurso de 2012 da Polícia Civil estiveram na Defensoria Pública do Estado (DPE), na manhã desta quarta-feira (3), para denunciar que teriam sido "desconvocados" pelo estado. Uma publicação "equivocada" no Diário Oficial da última sexta-feira (29) teria trazido 93 nomes de candidatos. Mas, no dia seguinte, uma nova publicação tinha apenas 61 concursados.

De acordo com o diretor da Academia da Polícia Civil de Alagoas (Apocal), delegado Antônio Carlos Lessa, o concurso previa a realização de um cadastro de reserva para 240 candidatos, que foram convocados a partir de 2014, sendo que 61 deles teriam desistido. Em dezembro do ano passado, o governador Renan Filho (PMDB), autorizou a convocação dos demais para a ocupação das vagas em aberto.

"O governador autorizou a convocação dos candidatos para ocupação das vagas dos desistentes. A Delegacia Geral cometeu um equívoco e encaminhou a publicação com 93 nomes. Logo que o erro foi identificado, no dia seguinte - 30 de dezembro -  foi feita uma nova publicação constando apenas os 61 nomes previstos inicialmente", explicou.

Ainda de acordo com o delegado, se houver desistência nessa nova etapa, os candidatos que restaram serão convocados para completar o número de vagas. Ele afirmou que o curso de formação tem início a partir desta quinta-feira (4), na sede da Apocal.

A Gazetaweb procurou a assessoria da DPE, que informou que o caso será analisado pelo defensor Carlos Eduardo de Paula Monteiro, e que nesta quinta-feira terá um posicionamento sobre o caso.

Fonte: gazetaweb.globo.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!