Vídeo: com 13 anos, Jack não conseguiu jogar na loteria (mas comprou uma arma de fogo)

Nenhum comentário
goo.gl/FefWuQ | Jack, um rapaz norte-americano de 13 anos, tentou, sem sucesso, comprar cerveja, cigarros, revistas para adultos ou até jogar na loteria. Mas quando se tratou de comprar uma arma, conseguiu-o em menos de dez minutos.

O vídeo foi publicado pela primeira vez em 2014, num segmento da HBO Real Sports do jornalista Bryant Gumbel, para mostrar a facilidade chocante com que se consegue comprar uma arma nos Estados Unidos.

Agora, está novamente a ser partilhado nas redes sociais, depois do tiroteio levado a cabo por Nikolas Cruz, um jovem de 19 anos que matou 17 pessoas no interior de uma escola em Parkland, na Florida.

Jack é um rapaz de apenas 13 anos que, acompanhado por uma equipa da HBO, tenta fazer algumas compras na cidade onde vive, no estado de Virginia. Como seria de esperar, é a mãe que o leva às lojas, porque o jovem não tem idade suficiente para conduzir.

Nas imagens, podemos ver o rapaz a levar “nega” dos funcionários das lojas, quando se trata de comprar cerveja, um maço de cigarros, revistas para adultos e até bilhetes para jogar na loteria. Em todos os casos, Jack não conseguiu cumprir o objetivo por ter menos de 18 anos, ou 21, no caso das bebidas alcoólicas.

Porém, a última paragem aconteceu numa loja de armas. Em menos de dez minutos, e sem enfrentar qualquer tipo de entrave ou perguntas do vendedor, que ainda o aconselhou de qual seria o melhor modelo para si, o rapaz conseguiu sair com uma espingarda calibre 22, arma semelhante à que Nikolas usou na semana passada.

De acordo com a Polícia do Estado da Virginia, é necessário ter 18 anos de idade para se conseguir comprar uma espingarda de um revendedor de armas licenciado e, pelo menos 21 anos, para adquirir uma pistola.

Estamos no início de 2018 e, nos EUA, o tiroteio de Parkland foi já o 18.º episódio a envolver armas de fogo em escolas ou locais próximos de estabelecimentos de ensino. Para mostrar que chegou a altura de dizer “basta”, um grupo de alunos que sobreviveu à tragédia está a preparar uma marcha, em Washington, no próximo dia 24 de março.

Várias celebridades como George e Amal Clooney, Oprah Winfrey, Steven Spielberg, Lady Gaga, Cher, Rowan Blanchard, Justin Bieber, Amber Tamblyn, Amy Schumer, Olivia Wilde, Bryce Dallas Howard, Julianne Moore e Alyssa Milano já fizeram doações para ajudar o movimento e muitos vão mesmo juntar-se aos estudantes na capital.



Por ZAP
Fonte: zap.aeiou.pt

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!