Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Crime bárbaro: jovem que esfaqueou e carbonizou advogado é condenado a mais de 20 anos

goo.gl/uBiYp3 | Juliander de Oliveira Alcântara, de 26 anos, acusado de esfaquear e carbonizar o corpo do advogado Valmir Leite Júnior, foi condenado a 20 anos e oito meses de prisão nesta terça-feira (27), em julgamento no Tribunal do Júri em Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande.

Na época do crime, Juliander disse que no dia, o advogado o levou até a fronteira do Estado e depois retornaram juntos para Dourados. Após a viagem, os dois beberam juntos e por conta do álcool, tiveram uma discussão. Mesmo com a briga, Juliander pediu para que Valmir o deixasse na casa do pai, que fica na saída da cidade.

No caminho, ainda conforme o relato do autor, o advogado parou em um canavial para urinar. Foi então que Juliander aproveitou o momento de distração para imobilizar com uma gravata e desferir um golpe de faca nas costas da vítima.

O suspeito alegou ainda que depois do crime pegou o carro da vítima foi até um posto, onde comprou combustível e voltou até o canavial. Colocou o corpo no porta-malas e levou até o lixão do município, lá incendiou o veículo.

Para a polícia, Juliander afirmou que jogou a faca usada por ele próximo ao local do crime, mas a arma ainda não foi encontrada.

O carro foi encontrado pela Polícia Militar durante ronda próximo ao lixão da cidade. O corpo do homem estava dentro do porta-malas do Ford Fusion. Além de advogado, Valmir era repórter fotográfico e tinha acabado de começar um curso de medicina no Paraguai.

Em 2013 o rapaz foi preso por tentar matar a ex-namorada a facadas. No dia 23 de outubro, ele teria entrado pelo telhado da casa da vítima, no Jardim Água Boa e a esfaqueado várias vezes. Uma delas chegou a perfurar o pulmão da jovem.

No ano seguinte, em maio de 2014, Juliander de Oliveira Alcântara, foi flagrado com 40 porções de haxixe no interior da cela 18, ala ‘B’, da PED (Penitenciária Estadual de Dourados). A droga estava em uma lata de achocolatado.

*(Foto meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Por Diego Alves
Fonte: www.midiamax.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!