Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Assassinato de Marielle ‘é um crime contra toda a sociedade’, diz presidente da OAB

goo.gl/w2rjFj | O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, afirmou nesta quinta-feira, 15, que o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), no Rio, ‘é um crime contra toda a sociedade’. Lamachia informou que a OAB está acompanhando o caso.

“O assassinato da vereadora Marielle Franco é um crime contra toda a sociedade e ofende diretamente os valores do Estado Democrático de Direito. O Conselho Federal da OAB acompanha o caso e espera agilidade na apuração e punição exemplar para os grupos envolvidos”, afirmou Lamachia.



Furos de bala no carro onde estava a vereadora do PSOL-RJ, Marielle Franco. FOTO: CONSTANÇA REZENDE/Estadão

A vereadora, de 38 anos, foi morta a tiros na noite de quarta-feira, 14, dentro do carro em que estava. Ela seguia para casa.

O ataque à Marielle ocorreu na Rua Joaquim Palhares, no centro do Rio. Ela voltava de um evento na Lapa, na mesma região, quando foi atingida. O motorista do carro que levava a vereadora também morreu baleado.

O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) afirmou que o crime tem “características nítidas” de execução. Segundo o deputado, porém, nem parentes nem amigos tinham informações de que Marielle estivesse sofrendo ameaças.

“As características são muito nítidas de execução. Queremos isso apurado o mais rápido possível”, disse Freixo ainda no local do crime na noite desta quarta-feira, 14. “É completamente inadmissível. Uma pessoa cheia de vida, cheia de gás, uma pessoa fundamental para o Rio de Janeiro, brutalmente assassinada. É um crime contra a democracia, contra todos nós, não podemos deixar que isso se naturalize”, disse Freixo.

VEJA A ÍNTEGRA DA NOTA DA OAB


“O assassinato da vereadora Marielle Franco é um crime contra toda a sociedade e ofende diretamente os valores do Estado Democrático de Direito. O Conselho Federal da OAB acompanha o caso e espera agilidade na apuração e punição exemplar para os grupos envolvidos. Ontem, o ministro da Segurança Pública assumiu com a OAB o compromisso de adotar medidas efetivas de combate ao crime, como o descontingenciamento da verba para investimento nos presídios. É preciso que o Estado retome o controle das prisões, que estão servindo como escola e quartel general dos criminosos. A OAB tem proposto e cobrado soluções efetivas para o combate ao crime. O episódio triste e lamentável que é o assassinato de uma representante do povo resulta de anos de uma política de segurança equivocada, que só tem resultado em fortalecimento do crime. É hora de adotar medidas efetivas e mudar esse cenário”.

CLAUDIO LAMACHIA, presidente nacional da OAB

Por Julia Affonso e Fausto Macedo 
Fonte: Estadão

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!