Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Passageiro que tem voo cancelado pode receber indenização se for prejudicado

goo.gl/3pUKCg | É muito comum ver passageiros sofrendo nos aeroportos após ter um voo cancelado. O que nem todo mundo sabe é que esse cancelamento pode gerar indenização para o viajante que for prejudicado.

E não são poucos os passageiros que enfrentam transtornos dessa natureza. De acordo com dados da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) sobre voos domésticos e internacionais, foram registrados mais de 72 mil cancelamentos de voos, nacionais e internacionais, em 2017. Os motivos variam desde mau tempo até reparos inesperados na aeronave.

Com esses números, a recomendação de ter uma troca de roupa extra na mala de mão e viajar com horários tranquilos nunca foi tão pertinente. No entanto, para quem viaja com frequência, com escalas e em horários de pico, ter um voo cancelado, reagendado ou mesmo atrasado é motivo de sufoco.

Especialistas em direito do consumidor dizem que o passageiro pode buscar indenização para o caso de voo cancelado e que os juízes avaliam cada cenário. Foi o que ocorreu com um passageiro, praticante assíduo de esportes e especializado em tênis de praia, que foi classificado para o campeonato mundial de Beach Tennis 2017, em Aruba. Ele não contava com o cancelamento do seu voo que partiria da cidade do Rio de Janeiro para Bogotá, fazendo com que ele perdesse não só a conexão de Bogotá para Aruba, mas também o torneio. Este cliente recebeu uma indenização de mais de 6 mil reais.

A recomendação dos especialistas é: "se você teve um voo cancelado que originou uma série de problemas ou uma complicação grave, procure uma empresa que possa ajudá-lo no processo de indenização".

É importante lembrar que a responsabilidades das companhias aéreas não se referem só pelo não embarque, mas também pela maneira como a contratada trata o cancelamento do voo e o auxílio aos passageiros. Existe lei que exige que as empresas ofereçam algum tipo de auxílio para o passageiro que não consegue embarcar.

Como proceder


Para dar entrada no pedido de indenização com argumentos sólidos o passageiro deve registrar todos os percalços. Tirar fotos do painel de embarque no aeroporto, registrar quando e como avisaram que o voo foi cancelado, informar qual o auxílio oferecido e relatar quais prejuízos o cancelamento gerou.Outro detalhe importante: o passageiro prejudicado deve pedir um requerimento da companhia aérea que atesta o cancelamento. É um documento simples e a solicitação pode ser feita no próprio balcão de atendimento. Também é preciso guardar o bilhete de embarque antigo, o novo, em caso transferência para outro voo, e todos os registros de compromissos perdidos por conta do cancelamento inesperado.

Recentemente, uma estudante de Doutorado na Universidade SEK, em Santiago, no Chile, teve um voo cancelado que a fez perder reuniões e encontros fundamentais para a conclusão dos seus estudos. A passageira procurou ajuda e recebeu uma indenização de 12 mil reais.

Fonte: diariodonordeste.verdesmares.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!