Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Após protesto, OAB suspende seis advogados pelos próximos três meses em processos judiciais

goo.gl/NsCwwi | Defensora histórica do direito à livre manifestação, a OAB da Bahia suspendeu ontem, por 90 dias, seis dos 16 jovens advogados que protestaram, em 6 de fevereiro, contra o atual comando da entidade na solenidade de reinauguração da Sala de Advocacia no Fórum Criminal de Salvador. Ontem, o Conselho Pleno da OAB baiana julgou o pedido de suspensão cautelar apresentado pelo presidente da Ordem no estado, Luiz Viana Queiroz, principal alvo da manifestação que terminou em tumulto. A pena impede os seis advogados de trabalharem durante os próximos três meses em processos judiciais, incluindo os que já estão em tramitação.

Ação e reação


Dos seis profissionais suspensos, três foram julgados sem a presença do advogado. Às vésperas da sessão, a defesa dos acusados apresentou ao relator do processo disciplinar um pedido para adiar o julgamento e recebeu sinalização positiva. Ontem, no entanto, a solicitação foi indeferida durante a sessão. Agora, o caso será levado à Justiça.

Fato consumado


Embora o prefeito ACM Neto (DEM) ainda não tenha chegado ao veredito sobre a eleição deste ano, cardeais da oposição ao PT classificam como “irreversível” a candidatura do democrata ao  governo do estado. “Ele ainda não decidiu oficialmente porque há negociações pendentes, mas todos os acordos fechados, conversas já realizadas com partidos e pesquisas para consumo interno indicam que Neto entrará no páreo. Não temos dúvidas”, confidenciou à Satélite um líder oposicionista. A avaliação é a mesma entre todos os dirigentes de siglas ligadas ao DEM.

Duplo calendário


A maior parte dos  interlocutores políticos de ACM Neto acha que a candidatura será anunciada publicamente no próximo dia 29, auge das comemorações pelos 469 anos de Salvador. O restante acredita que a decisão só será divulgada em 6 de abril, um dia antes do fim do prazo para a renúncia ao cargo de prefeito.  Um dos principais interlocutores do democrata , o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), desconversa: “Neto tem que ver o que é melhor para sua vida. Nosso desejo é vê-lo candidato, mas cabe a ele decidir, sem pressão por parte do grupo. É seu futuro que está em jogo”.

Roda-gigante


Após trocar o Pros pelo PSD, o deputado estadual Manassés revelou à Satélite que o tamanho do partido influenciou na decisão. Pré-candidato a federal, o parlamentar vê mais chance de vencer na nova casa, mesmo apinhada de nomes com maior expressão. “O PSD é um partido muito forte aqui e no cenário nacional, tem muitas prefeituras e uma grande estrutura”, disse.

Idas e vindas


A ida de Manassés para o PSD, num movimento que também arrastou deputado estadual Alan Castro, afeta os planos do deputado federal Ronaldo Carletto (PP), que tem o Pros como trunfo para tentar brigar pelo Senado. Com os dois pés no PR, Carletto minimiza a perda. “Ainda tem bastante tempo até a janela fechar. Há muitos outros interessados no Pros”, afirmou.

Pílulas


No páreo  - O jurista Thomas Bacellar, ex-presidente da OAB da Bahia, deve concorrer ao Senado pelo PRTB na chapa majoritária do ex-prefeito de Salvador João Henrique Carneiro, pré-candidato ao governo do estado pelo partido. A filiação de Bacellar está programada para ocorrer nos próximos dias.

Casa menor  - O PRTB também pode ser o destino do ex-deputado federal Edson Pimenta, que recentemente perdeu o comando do PHS na Bahia e quer concorrer à Câmara por uma legenda menor.

Por Jairo Costa Jr com Luan Santos
Fonte: www.correio24horas.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!