Banco terá que pagar R$ 15 mil a cliente por leiloar carro durante negociação de dívida

Nenhum comentário
goo.gl/iwtMcR | Um banco foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Ceará a pagar uma indenização por danos morais de R$ 15 mil a um cliente que teve o carro leiloado durante a negociação da dívida. De acordo com a decisão, houve uma "quebra de confiança", pois o consumidor tentava resolver o negócio e ter de volta o automóvel.

Segundo as informações do processo, o cliente contratou um financiamento de veículo no banco, porém, passou a discordar dos valores cobrados pela empresa e pediu a revisão judicial do contrato. Nesta ocasião, deixou de pagar algumas prestações. Por isso, o banco conseguiu na Justiça o direito de apreender o veículo.

Depois que o carro foi levado, o consumidor manteve contato com funcionários do banco para quitar o empréstimo e pegar o automóvel de volta. Em um acordo, ficou decidido que ele pagaria uma quantia de R$ 17.500 para realizar a transação. Para cumprir o combinado, o cliente vendeu um imóvel e realizou o depósito na conta informada pelo banco. Entretanto, quando foi buscar o carro, descobriu que tinha sido leiloado. A instituição financeira devolveu o valor depositado, mas o cliente esperava ter o carro de volta.

Em sua defesa, a empresa defendeu que durante toda a negociação agiu de forma regular e, quando não foi possível cumprir a transação firmada, restituiu integralmente a quantia depositada.

Mesmo assim, foi condenada a pagar uma indenização por danos morais de R$ 15 mil "pela quebra de confiança motivada pela promovida [instituição financeira] e pela expectativa frustrada do autor [cliente] de resolver o negócio e ter de volta o automóvel que utilizava em seu deslocamento diário”.

*(Foto meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Por Extra
Fonte: oglobo.globo.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!