Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Cartas falsas: aposentadas denunciam à OAB golpe de falso escritório de advocacia

goo.gl/uSJAkt | Duas servidoras públicas aposentadas denunciaram à Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso (OAB-MT) um falso escritório de advocacia por aplicar golpe, por meio do envio de cartas a idosos com informações a respeito de créditos previdenciários.

Na carta, os estelionatários dizem que as vítimas teriam direito a uma quantia em dinheiro, concedidos após ações coletivas na Justiça Federal.

As aposentadas moram em Cuiabá e denunciaram o golpe depois de receberem a carta. Elas desconfiaram que a informação poderia ser falsa e entidade.



Cartas falsas fazem parte de golpe aplicados em idosos; números de processos e de telefones de advogados são inexistentes, segundo a Ordem (Foto: OAB-MT/ Divulgação)

De acordo a OAB-MT, o crime é antigo e ocorre com frequência nas grandes cidades do Brasil. As vítimas mais comuns são servidores públicos aposentados e idosos.

“Na maioria das vezes, os criminosos se utilizam de situações verdadeiras, usando algum valor que a vítima de fato tenha para receber quanto a descontos indevidos ocorridos em fundos de pensão", disse Carlos Rafael, vice-presidente da Comissão de Direito do Idoso da OAB-MT.

A partir dessa informação, os golpistas cobram da vítima o pagamento de custos judiciais e hononários, como se eles tivessem atuando como defensores das vítimas durante a ação na Justiça.

Os golpistas dizem que para receber o suposto valor da ação o aposentado precisa depositar a quantia cobrada pelos serviços prestados.

Para simular que a ação é verídica, os criminosos falsificam documentos usando o brasão dos tribunais de Justiça e informam supostos números de telefone de entidades cartorárias.

Quando a vítima faz contato pelos números fornecidos na correspondência, é enganada pelo golpista que atende ao telefone e é convencida de que é beneficiária da ação e receberá o valor depois que pagar pelos serviços.

A vítima faz o depósito solicitado, mas não recebe o dinheiro.

Fonte: g1 globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!