Caso polêmico: Polícia Militar manda prender cabo que criticou decisão de juiz em vídeo

Nenhum comentário
goo.gl/oPSb7t | A Comando Geral da Polícia Militar puniu com oito dias de prisão o cabo Robert José Leopoldino dos Santos, após o militar gravar vídeo, na companhia de outros policiais, criticando a decisão de um juiz do juiz Ricardo Jorge Cavalcante Lima, que concedeu liberdade provisória à Maria Cícera de Oliveira Lima, presa pelos policiais com oito armas.

Segundo publicação no Boletim Geral Ostensivo da PM desta quinta-feira, 15, a conduta do militar resultou em "desrespeito às medidas gerais de ordem judicial e seus atos, assim como promover atos que se tornaram públicos que comprometeu o prestígio e a imagem da corporação', conduta tipificada nos artigos 31 e 32 do regimento militar.

O caso aconteceu no dia 12 de agosto do ano passado. O vídeo polêmico que circulou nas redes sociais mostra aproximadamente cinco policiais na porta da residência de Maria Cícera questionando os motivos que a libertaram e o nome do juiz que emitiu a decisão. “Esse é o nosso Brasil”, ironizou um dos policiais.

“Estou com meu alvará de soltura e não devo nada a ninguém”, afirmou Maria Cícera. Após as perguntas, outro policial militar volta a ironizar a situação. “Estou pedindo desculpa por ter vindo à casa da senhora, quebrado a porta, ter apreendido oito armas, ter levado a senhora constrangida até uma delegacia, algemada em uma viatura, para um dia depois a senhora estar solta”, disse.

Fonte: www.tnh1.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!