'Trote sexual': estupro de universitária de 17 anos durante festa de calouros é confirmado

Um comentário
goo.gl/2ZPwZM | Exames médicos confirmaram que a adolescente de 17 anos, caloura da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), foi estuprada durante uma festa de calouros nesta segunda-feira (20). A mãe da jovem foi quem procurou a delegacia para denunciar o crime de estupro cometido durante trote universitário.

De acordo com o delegado regional de Dourados, Lupérsio Degerone, foi comprovado o estupro e a coleta de material (sêmen), irá ajudar a chegar a autoria do estupro. Ainda não há suspeitos, pois a jovem estava em coma alcoólico no momento do crime.

“Agora vai ser agendado as oitivas”, disse o delegado. A delegada Paula Ribeiro dos Santos da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), responsável pelo caso está em diligências.

Caso


A menina foi internada em coma alcoólico com roupas masculinas no Hospital da Vida. O estupro foi denunciado pela mãe da adolescente.

A mãe percebeu vestígios de sangue ao tirar a roupa da filha que não soube explicar o que aconteceu. Ainda de acordo com a polícia, um caso parecido foi denunciado no fim de semana durante outro trote universitário na cidade.

No dia, a jovem participou da arrecadação de dinheiro para a realização da festa de um curso de engenharia da Universidade. Já durante o período da noite, ela teria sido encontrada desmaiada em um local ermo, próximo de onde ocorreu a festa, na Avenida Indaiá. De lá, ela foi levada por universitários ao Hospital da Vida A polícia também investiga, que foi que trocou as roupas da jovem.

Fonte: www.portaldoholanda.com.br

Um comentário

  1. Segunda-Feira foi dia 19, e nos meses anteriores, também não encontrei segunda feira dia 20.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!