'Caderno de meia pauta': professora escreve recado em mão de aluna e revolta pais

4 comentários
goo.gl/aS82mM | A atitude de uma professora da Escola Classe 415 de Samambaia revoltou os pais de uma estudante de 6 anos. A criança chegou em casa com uma mensagem da educadora no dorso da mão. Com uma caneta, ela escreveu “caderno de meia pauta”. De acordo com os familiares, a menina não tinha o material pedagógico.
Ela poderia ter mandado um bilhete ou falado com a mãe dela, que todo dia leva e busca nossa filha na escola. Não consigo entender por qual razão ela faria isso, senão para discriminar, humilhar minha filha”, desabafou o pai, o auxiliar de eletricista Gilluan Carvalho Silva, de 27 anos.
De acordo com ele, a professora não comunicou à família a falta do caderno. “Não vi na lista de materiais. Mas, se ela tivesse nos avisado, teríamos providenciado imediatamente”, contou.

O auxiliar de eletricista disse que a filha estuda no colégio há três anos e, até então, ele não tinha motivos para reclamar da unidade escolar.

Luan fez um post no Facebook para reclamar da situação. Veja:


A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Educação, e a pasta informou que está apurando o caso.

Por Gabriella Furquim
Fonte: www.metropoles.com

4 comentários

  1. Qnta besteira... Fazendo tsunami em copo d'água. Não é tinta permanente e aposto q se a professora fez isso é pq os nem olham a agenda da menina. Conheço vááááááários pais q nem enconstam no material escolar dos filhos. Não adianta nem o professor encher de recados pq eles nunca leem. Mas eu "lavaria minhas mãos". Não ia escrever na mão da criança, continuaria enchendo a agenda de recados. No final, haveria provas q o desinteresse foi deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo2/3/18 16:02

      Queria ver se fosse com tua filha sua fascistinha.

      Excluir
    2. Anônimo3/3/18 09:42

      Não necessariamente a culpa é dos pais. Muitas vezes a própria criança é esquecida. Eu tinha esse problema: a professora falava, mandava recado escrito, e eu simplesmente esquecia de passar para meus pais. Mais de uma vez ela escreveu na minha mão, pois aí é impossível eles não verem. Claro que a criança e se sente exposta, como se sente exposta em qualquer fato que a distinga dos colegas,, mas não vejo erro por parte da professora. Sobrevivi e não tenho nenhum trauma. Pelo contrário, considero escrever na mão uma maneira muito boa
      e de lembrar, já que continuo esquecendo de olhar minha agenda as hoje, 20 anos depois...

      Excluir
  2. Anônimo3/3/18 04:12

    O comentário dessa pessoa acima é lamentável... falta de amor e compreensão. Tomara a Deus que você não seja professora, pois, pela forma que você escreveu, parece que existe uma revolta com pais e crianças. Que Deus tenha piedade de você. Mas saiba que, a lei do retorno é certeira!

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!