Briga judicial: Xuxa perde processo contra Google para tirar buscas sobre filme adulto

2 comentários
goo.gl/mm9S3k | Com briga judicial desde 2010, Xuxa Meneghel teve um novo recurso negado em ação contra o Google. A apresentadora pedia a remoção de algumas palavras que poderiam ser achadas na busca do sistema, todas elas relacionadas ao filme Amor, Estranho Amor, de 1982.

Na trama, Xuxa, aos 19 anos, viveu uma garota de programa que seduzia um garoto de 12. A loira tentava retirar do Google frases relacionadas a seu nome com a palavra “pedofilia”, de acordo com o UOL.

Em 1982, Xuxa interpretou uma garota de programa em um filme, no qual seduzia um garoto de 12 anos

O processo, contudo, foi julgado em segunda instância e a famosa não poderá mais recorrer. Em maio de 2017, o texto da decisão informava que “por unanimidade, após rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos do voto” da desembargadora relatora Valeria Dacheux Nascimento.

Xuxa, portanto, recorreu novamente e o processo foi encerrado no fim de junho. Os assessores da apresentadora informaram que não comentam assuntos jurídicos.

Por Saullo Brenner
Fonte: www.metropoles.com

2 comentários

  1. Engraçado é q a mesma participa de campanha contra exploração de crianças e adolescentes.

    ResponderExcluir
  2. Ela tambem foi uma vitima nesta situaçao. Ja pararam pra pensar que era uma modelo de 19 anos apenas fazendo o que mandavam?

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!